Refis da Prefeitura de Mogi Guaçu arrecadou R$ 4,3 milhões

O programa de refinanciamento dos débitos municipais da Prefeitura, Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) e FEG (Fundação Educacional Guaçuana) arrecadou cerca de R$ 4,3 milhões, o que foi suficiente para garantir o pagamento do 13º salário dos servidores públicos municipais.

A primeira parcela foi depositada no dia 29 de novembro, enquanto que a segunda parcela foi creditada nesta quinta-feira, dia 20. O Refis teve duração de dois meses – diferentemente de 2017, realizado durante três meses e com arrecadação de R$ 5,3 milhões.

Para o secretário municipal da Fazenda, Roberto Simoni, o valor pago no Refis 2018 contribuiu para complementar a receita para o pagamento do 13º salário. O Município tem priorizado o pagamento em dia da folha dos servidores.

A dificuldade está em reservar recursos próprios para os investimentos necessários. Isso porque a queda de arrecadação, por conta da crise econômica brasileira, reduziu o percentual de recursos para obras e execução de projetos. É por isso que o Município tem recorrido a emendas, convênios e até linhas especiais de empréstimos.

Em 2018, a título de convênio, foi repassado pouco mais de R$ 1,7 milhão neste ano, além de receitas provenientes a emendas parlamentares, venda de terrenos e títulos. A previsão da Secretaria da Fazenda é que o ano de 2018 feche com um pequeno superávit das contas.

  

Comentários