CPFL Jaguari promoveu blitz da campanha Chega de Choque em Jaguariúna

A CPFL Jaguari, distribuidora da CPFL Energia que atende 1,70 milhão de consumidores em 27 municípios do interior e litoral paulista, realizou pela primeira vez a blitz da Campanha Chega de Choque em Jaguariúna. A ação itinerante ocorreu no dia 29 de setembro, das 9h às 17h.

Parte das ações da Chega de Choque realizada pela CPFL Energia, a blitz teve como objetivo reduzir os índices de acidentes com a população e alertar sobre os riscos do convívio inadequado com a rede elétrica. A campanha aborda temas como o risco de empinar pipas próximo da fiação elétrica, do uso de cabos energizados para pendurar enfeites durantes datas comemorativas, das ligações elétricas clandestinas ou sem conhecimento, além de orientar e dar dicas para profissionais liberais, como pintores, calheiros, colocadores de painéis, eletricistas particulares e trabalhadores da área rural.

Para o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Marcos Victor Lopes, o Grupo investe na conscientização da população sobre os perigos do convívio inadequado com a rede elétrica para garantir a segurança e o bem-estar de suas comunidades. “A blitz é mais uma das nossas ações que tem como foco incentivar os cidadãos e profissionais a adotarem medidas de segurança, assim como o uso adequado de equipamentos de proteção para diminuir os acidentes”, afirma.

 

A blitz utilizou a tecnologia como principal meio de comunicação com a população. Por meio de tablets, promotores exibem vídeos para as pessoas abordadas, os quais exploram os cuidados necessários com a rede elétrica. Além disso, também entregam o folheto da campanha e um brinde personalizado para aquelas que completarem o quiz sobre segurança. Já o carro de som equipado com telas exibe animações que demonstram os perigos reais da proximidade à rede e números sobre o tema.

Acidentes com a rede elétrica

 O histórico de acidentes dos últimos três anos reforça a importância de campanhas como a Chega de Choque. Considerando os anos de 2014, 2015 e 2016, foram contabilizados 172 acidentes – sendo 42 fatais – na rede elétrica das distribuidoras da CPFL Energia, em diferentes cidades. No mesmo período, não foram registrados acidentes em Jaguariúna, o que comprova a eficácia das ações de orientação realizadas pela CPFL Jaguari, bem como a importância da manutenção de ações de prevenção.

Até maio de 2017, a CPFL Energia já contabilizou 38 acidentes considerando todas as cidades atendidas. Do total, 14 foram fatais. A cidade de Jaguariúna não registrou acidentes neste período.

Além da Chega de Choque, a CPFL Energia promove outras ações de conscientização da população sobre os riscos da energia elétrica. O Grupo CPFL também promove a Campanha Externa de Prevenção de Acidentes com Eletricidade (CEPAE), que são palestras realizadas pela companhia em escolas, associações de bairro, sindicatos de classe, empresas e lojas de material de construção para abordar o tema da segurança. É possível solicitar uma palestra com um profissional da CPFL Energia através do e-mail palestracepae@cpfl.com.br​.

No Brasil, foram registrados 814 acidentes com choque elétrico em 2016, sendo 599 fatais – quase dois por dia, segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel). Dentre esses casos, 147 eram profissionais da construção civil e manutenção predial – na sua maioria autônoma. Perderam a vida 82 pedreiros, pintores, soldadores, serralheiros e ajudantes, oito trabalhadores do ramo de instalação de fachadas e painéis e 57 eletricistas.

Chega de Choque

A campanha Chega de Choque é realizada nos 623 municípios de atuação das nove distribuidoras da CPFL Energia nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul. Já a blitz da campanha percorrerá 32 praças de diversos municípios em São Paulo e quatro no Rio Grande do Sul.

A iniciativa durará 90 dias, com agenda de dois a seis dias em cada praça. Além da blitz, a CPFL Energia reforça a campanha por meio de distribuição de folhetos e materiais alusivos em lojas de materiais de construção, associações de bairro e sindicatos.

Sobre a CPFL Energia 

A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.258 MW, no final do primeiro trimestre de 2017.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

  

Comentários