fbpx

“Lei do Farol Baixo” também é aplicada nas rodovias que cruzam o município

Desde o dia 8 de julho de 2016, é obrigatório acender o farol baixo durante o dia para circular nas rodovias do País (Lei Federal Nº 13.290, de 23 de maio de 2016). O descumprimento da norma é considerado infração de trânsito média, com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 85,13.

A medida também é aplicada nos trechos das rodovias que cruzam áreas urbanas. A fiscalização da infração compete ao Estado (Polícia Militar Rodoviária, Polícia Rodoviária Federal etc).

Para esclarecer os motoristas que circulam por Campinas, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) preparou material explicativo com o mapa das rodovias que cortam o município. O material está disponível no endereço eletrônico www.emdec.com.br, em hotsite logo no centro da página.

Confira as rodovias que cortam/passam por Campinas

– Rodovia Dom Pedro I (SP 065). Corta um trecho urbano de Campinas, ligando os distritos de Sousas até Nova Aparecida.

– Rodovia Lix da Cunha (SP 073). Tem 24 quilômetros e começa no Trevo Sérgio Motta, em Campinas, e termina na Rodovia Engenheiro Ermênio de Oliveira Penteado, em Indaiatuba.

– Rodovia Santos Dumont (SP 075). Tem 77,6 quilômetros, começando na Avenida Prestes Maia, em Campinas, e termina na Avenida Dom Aguirre, em Sorocaba.

– Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira (SP 083). Tem 17,8 quilômetros e liga as rodovias Dom Pedro I, Anhanguera e Bandeirantes.

– Rodovia Francisco Von Zuben (SP 091). Tem 10 quilômetros de extensão e liga a Avenida Antônio Francisco de Paula Souza, na Vila Formosa até a Avenida Dom Nery, em Valinhos. Continuação da Avenida Engenheiro Antônio Francisco de Paula Souza, está dentro da área urbana do município.

– Rodovia Adalberto Panzan (SPI 102 / 330). Tem 7,44 quilômetros de extensão e é um acesso entre o km 102 da Rodovia Anhanguera e o km 95 da Rodovia dos Bandeirantes.

– Rodovia Miguel Melhado Campos (SP 324). Tem 16 quilômetros e liga a Avenida José Amgarten (entrada do Aeroporto Internacional de Viracopos) até a Avenida Aparecida Telau Serafim, em Vinhedo.

– Rodovia Anhanguera (SP 330). Tem 453 quilômetros entre São Paulo e Igarapava. Corta o município.

– SP 332. Tem diversos nomes entre Caieiras e Santa Cruz das Palmeiras. Em Campinas são dois trechos: Estrada da Coudelaria (Campinas a São Paulo) e Rodovia Professor Zeferino Vaz (Campinas a Paulínia).

– Rodovia Miguel Noel Nascentes Burnier (SP 340). Tem quatro quilômetros de extensão, com início na Avenida Júlio Prestes, em Campinas até o trevo da Rodovia Dom Pedro I. Continuação da Avenida Júlio Prestes está dentro da área urbana do município.

– Rodovia Governador Dr. Adhemar Pereira de Barros (SP 340 e SP 342). Mais conhecida como Campinas–Mogi Mirim. Passa pelo município. Após Mogi Mirim ocorre bifurcação, com um trecho seguindo em direção a Mococa (SP 340) e o outro em direção a Águas da Prata. (SP 342).

– Rodovia dos Bandeirantes (SP 348). Tem 173 quilômetros de extensão e liga São Paulo a Cordeirópolis. Corta o município.

Foto: José Cruz/Agência Barsil

  

Comentários