Semana do Meio Ambiente premia empresas e escolas por ações e projetos sustentáveis

Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, a Prefeitura de Jaguariúna, por meio do Departamento de Agropecuária e Meio Ambiente, entregou o Certificado Ação Sustentável 2017 para empresas da cidade que tiveram experiências bem-sucedidas de preservação ambiental, em uma cerimônia que aconteceu na noite de quarta-feira, dia 7 de junho, no Teatro Municipal.

O Certificado Ação Sustentável é uma iniciativa do Departamento de Agropecuária e Meio Ambiente em parceria com o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente – COMDEMA. O prêmio foi concedido a três empresas: GEA Equipamentos e Soluções Ltda, com o projeto de Eliminação do Uso de Água no Processo de Limpeza de Tanques de Refrigeração; Flextronics Ltda, com Kaizen na Cooperj; e Ambev S.A, com o Programa Bacias Jaguariúna.

O Certificado de Empresa Participante também foi entregue às empresas A. Custódio de Oliveira ME e OSCIP Trilhos do Jequitibá. “Foi uma maneira que encontramos de estimular as empresas a pensarem cada vez mais na preservação do Meio Ambiente e darem o exemplo aos funcionários e à sociedade”, afirmou o prefeito Gustavo Reis.

Durante a cerimônia também aconteceu a homenagem às escolas municipais participantes da Gincana de Coleta de Óleo de Cozinha, promovida pela Prefeitura.  A escola de Educação Infantil vencedora foi o Centro de Educação Infantil (CEI) Carrossel, que arrecadou 835,7 litros de óleo de cozinha e recebeu como prêmio uma cama elástica, que ficará na escola. A escola de Educação Fundamental vencedora foi a Escola Municipal Ângelo Bizzo, através da arrecadação de 182,2 litros de óleo de cozinha, e recebeu como prêmio uma mesa de pebolim. Os presentes foram doados pela empresa Flextronics.

​O resultado da gincana foi divulgado através do ranking da escola que arrecadou mais óleo de cozinha por aluno e todas as escolas participantes foram homenageadas na cerimônia, recebendo certificado de participação. “O objetivo do projeto foi a preservação do meio ambiente através da conscientização e educação ambiental, pois o descarte irregular do óleo de cozinha usado acarreta na contaminação dos rios, lagos, águas subterrâneas e do solo, além de provocar entupimentos nas instalações internas e redes de coleta de esgoto”, explicou a chefe de Divisão de Reciclagem, Aline Granghelli Catão.

Ainda segundo ela, as escolas juntas arrecadaram cerca de cinco mil litros de óleo de cozinha, que serão doados à COOPERJ – Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Materiais Recicláveis de Jaguariúna. “Além de pensar no meio ambiente, a ação vai gerar uma renda de cerca de R$ 5 mil para a cooperativa. E a partir de agora as escolas municipais serão pontos fixos de arrecadação de óleo, sendo coletado semanalmente. Estamos muito felizes com o resultado”, comemora Aline.

Matéria: ASCOM/ Fotos: Ivair Oliveira 

 

  

Comentários