Defesa Civil inicia operação estiagem e corta fogo no domingo, 1º de maio

A Defesa Civil de Mogi Guaçu realizará no período entre 1º maio e 30 de setembro a Operação Estiagem juntamente com a Operação Corta Fogo do Governo do Estado de São Paulo para a prevenção de incêndios e outras ocorrências relacionadas a baixa umidade do ar.

Na terça feira, 26 de abril, a equipe do órgão esteve no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, para participar de treinamento organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com temática voltada para prevenção de desastres e avaliação de risco nos municípios. “A coordenadoria de Defesa Civil de Mogi Guaçu está em fase de reestruturação e, por isso, estamos participando de treinamento e convênios visando à prevenção de incêndios”, contou o tenente da PM e presidente da Coordenadoria Municipal da Defesa Civil (Comdec), Gildézio Cezário.

No período de estiagem são consideradas de risco as áreas verdes do município e terrenos urbanos com vegetação, que tem prioridade de observação, monitoramento e enfrentamento de eventuais adversidades. “O objetivo da Operação Estiagem é prevenir ao máximo desastres naturais ou acidentes provocados pelas pessoas, minimizar danos, socorrer e assistir populações atingidas, reabilitar e recuperar áreas deterioradas”, comentou.

Para que as ações obtenham sucesso, a Defesa Civil conta com o apoio das Secretarias Municipais e do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE), com a logística de pessoal, equipamentos e com água de reuso não potável para o combate aos focos de incêndio.

Dicas para enfrentar a estiagem
*Hidrate-se
*Use soro fisiológico nos olhos e narinas
*Alimente-se bem, priorizando frutas e verduras que contenham vitamina C
*Evite objetos que acumulem poeira, como tapetes, cortinas e pelúcias
*Evite fazer exercícios físicos quando o ar estiver muito seco
*Economize água e energia elétrica
*Não faça queimada para limpeza de terreno ou destruição de lixo e fazer sempre o descarte no lugar indicado pela Prefeitura de Mogi Guaçu
*Não jogar cigarros ou fósforos acesos às margens de ruas e rodovias
*Não soltar balões, pois esta prática pode provocar acidentes aéreos e incêndio é crime ambiental

  

Comentários