Deficientes visuais visitam Unidade Demonstrativa de produção integrada de morango

Um grupo de deficientes visuais realizou uma visita à Unidade Demonstrativa Central do Programa de Produção Integrada de Morango (PIMo), localizada no Parque do Morango Duílio Maziero em Atibaia, SP, em 17 de setembro. Foi a primeira vez que conheceram um projeto como esse e, principalmente, uma plantação de morangos.

O grupo, composto por doze deficientes visuais e doze “videntes” – guias que os acompanham, além de representantes da Secretaria de Turismo da Prefeitura de Atibaia, foi recebido por Osvaldo Maziero, produtor e presidente da Associação dos Produtores de Morangos e Hortifrutigranjeiros de Atibaia, Jarinu e Região, com sede no Parque.

Maziero contou a história de sua família e sua relação com o cultivo de morango, e ao entrarem nas estufas, explicou como é realizado o processo do cultivo, desde a escolha das mudas até a colheita do fruto, ressaltando as práticas agrícolas mais sustentáveis realizadas conforme o manejo preconizado pela PIMo.

Segundo Fagoni Calegario, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), coordenadora de projeto sobre PIMo, dentre essas práticas, destaca-se a anotação de todos os procedimentos em cadernos e campo, rastreabilidade, cuidados com a higiene e priorização do controle biológico são algumas das práticas que diferenciam o sistema e o morango obtido.

Durante as explicações, os visitantes se mostraram interessados, curiosos, fizeram várias perguntas em relação à plantação, produção e colheita do fruto. Ao longo da visita, puderam tocar nos morangos, sentir o fruto, sua folhagem, e também puderam degustar a fruta direto do pé.

Ao final do passeio, saborearam um suco de morangos colhidos na hora. Como forma de agradecimento pela receptividade, dois membros do grupo cantaram algumas músicas, entre elas, Asa Branca, de Luiz Gonzaga.

“Foi a primeira vez que recebemos a visita de deficientes visuais em uma lavoura da PIMo e, tanto para eles quanto para os integrantes do Programa, a experiência foi muito interessante, emocionante e enriquecedora”, destaca Maziero.

Esta foi uma iniciativa da Secretaria de Turismo do Município de Atibaia. (com colaboração de Saline Talita dos Santos).

Matéria: Cristina Tordin

  

Comentários