Escolas de Jaguariúna participam da Matific – 1ª Olimpíada Digital de Matemática no Brasil

Competição é disputada online, oferece R$ 150 mil em prêmios e valores em dinheiro. A escola campeã recebe R$ 15 mil reais e mais R$ 3 mil em licenças Matific; alunos que conquistarem os três primeiros lugares, bem como os professores, ganharão prêmios como tablets e vale-presentes.

Após ter quatro alunos da rede pública municipal premiados na 13ª edição da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas), a Secretaria de Educação de Jaguariúna segue incentivando os estudantes a estudarem mais e a se aprofundarem no aprendizado prático de matemática.

Nesta quarta-feira, 3 de outubro, por exemplo, teve início a Matific, a primeira Olimpíada Digital de Matemática no Brasil, que utiliza uma plataforma especializada em gamificação para o ensino matemático (confira detalhes abaixo).

De acordo com a secretária de Educação de Jaguariúna, Cristina Pinto Catão Bonini Hosikawa, no período de 3 a 9 de outubro cerca de 3 mil alunos do 1º ao 6º ano (de 9 e 10 anos de idade) de 11 escolas da rede municipal de ensino disputam jogos online que envolvem as mais variadas habilidades matemáticas.

A disputa acontece no Laboratório de Informática das escolas, onde os alunos jogam e buscam níveis para concorrer com alunos do Brasil todo. Fora desse ambiente, as disputas online também podem acontecer em casa, com o apoio e auxílio dos pais ou responsáveis.

“Essa é mais uma ação que a Secretaria de Educação incentiva no sentido de buscar levar o aprendizado de forma prazerosa, e dessa vez, envolvendo tecnologia”, explica a secretária, que completa: “Os alunos do 1º ao 6º ano de nossa rede municipal já estão na fase de aquecimento desde 26 de setembro”, revela.

Ainda segundo Cris Catão, como é mais conhecida a secretária, com a parceria entre professor da sala e coordenadores das unidades os alunos vão ao Laboratório de Informática, onde já têm login e senha cadastrados, e acessam a plataforma com os jogos, que proporcionam divertimento e aprendizado.

O assunto não é uma novidade completa na rede municipal de ensino, garante a secretária, uma vez que as escolas municipais “Professor Mário Bergamasco”, “Professora Oscarlina Pires Turatto”, “Professor Joaquim Pires Sobrinho I” e “Professor Ângelo Bizzo” se destacam na utilização da plataforma, inclusive com resultados na aprendizagem dos alunos.

“O mais interessante, no caso dessa Olimpíada Digital Online de Matemática, é que os alunos podem disputa-la em casa, também. Então, o pai, a mãe ou mesmo um irmão mais velho podem incentivar, assim como fazemos na escola”, explica a secretária de Educação.

Os pais ou responsáveis pelas crianças que quiseram mais informações podem procurar a secretaria da escola onde o filho/filha estuda ou acessar o site www.matific.com

O que é a Matific

A startup israelense de educação Matific organiza, pela primeira vez no Brasil, uma Olimpíada Digital de Matemática. O torneio é aberto a alunos das redes pública e privada, da educação infantil até o sexto ano do ensino fundamental. As inscrições já estão abertas e a participação é gratuita.

A Matific — plataforma especializada em gamificação para o ensino matemático — é utilizada atualmente por 2,5 milhões de alunos de 40 países. Só no Brasil, são 100 mil estudantes usuários da plataforma nas redes pública e privada.

Fonte: Adaptação de parte do texto de Débora Thomé, disponível em http://inoveduc.com.br/matific-primeira-olimpiada-digital-de-matematica-brasil/

  

Comentários