Fundo Social realiza formatura dos cursos da Escola de Geração de Renda

O Fundo Social de Solidariedade e a Secretaria de Ação Social realizaram na quarta feira, dia 14 de junho, a cerimônia de formatura de setenta alunos da escola de Geração de Renda. O evento contou com a presença do Vice Prefeito Simão Mendes, do Vereador Milton Rogério de Oliveira Soares (Rogério Caxeta) – 1º Secretário, além dos professores e familiares dos formandos.

Inaugurada em abril de 2014, a escola de Geração de Renda tem como principal objetivo incentivar o empreendedorismo. Por lá, já se formaram mais de quatrocentos alunos. Na escola são oferecidos os cursos de padaria artesanal, assistente de Cabeleireiro, manicure, design de sobrancelhas, maquiagem e depilação além dos cursos de massas para pães, bolos, salgados, tortas e bolachinhas.

A estudante Bruna Alves, 16, entrou no projeto por que sentiu que poderia ajudar sua família depois que concluísse o curso de “assistente de cabeleireiro”.

“Eu decidi fazer o curso por que acredito de pode ser uma fonte de renda para minha família, como meu pai faleceu, minha mãe precisa de ajuda e achei que fazendo esse curso poderia consegui um trabalho e ajudá-la de alguma forma”, disse.

Outro estudante que concluiu o curso o foi o João Paulo Peixoto, 37, ao contrário da Bruna, ele não está desempregado, mas viu no curso de “padaria artesanal” uma forma de melhorar sua renda por meio da venda de pães e doces.

“Eu trabalho em hotel, mas é sempre bom melhorar a renda né”! “Parte da minha família já mexe com padaria e decidi fazer o curso para poder agregar conhecimento e dá um UP na minha renda” ressaltou.

A professora de Tatiana Antônio diz que só entregam o certificado quando o aluno consegue obter o máximo de rendimento e que se sente muito feliz trabalhando no projeto.

“É muito bom poder ver meus alunos se realizando profissionalmente, eles sonham e nós como professores sonhamos juntos”.

A escola de Geração de Renda é um projeto do Fundo Social de Solidariedade e os cursos oferecidos são todos gratuitos e qualquer pessoa pode participar.

“Enquanto houver vontade de lutar e aprender, haverá esperança para vencer”, disse a Primeira Dama e Presidente do Fundo Social Daniela Forner Franco, sobre o interesse da comunidade em se profissionalizar.

Matéria: ASCOM

  

Comentários