fbpx

Guardas Municipais passam por treinamento para iniciar atuação na Patrulha Maria da Penha

A equipe feminina da GCM (Guarda Civil Municipal) está sendo capacitada para atuar na patrulha Maria da Penha. A patrulha faz parte de um amplo projeto que cria uma rede de proteção entre a GCM e as mulheres vítimas de violência doméstica, atendidas pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e que se encontrem com medida protetiva.

O treinamento oferecido às guardas femininas traz informações importantes sobre o ciclo da violência doméstica, a Lei Maria da Penha e a Lei do Feminicídio, além das políticas públicas voltadas à proteção das mulheres.

O treinamento deve ser concluído nos próximos dias, quando toda a equipe estará preparada para atuar neste projeto, previsto no Plano de Governo do Prefeito Paulo de oliveira e Silva e que é inédito em Mogi Mirim.

O projeto Maria da Penha será implantado em Mogi Mirim no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Na ocasião, o prefeito Paulo de Oliveira e Silva fará a entrega oficial de uma viatura adesivada, que será utilizada exclusivamente para atender as demandas do projeto Maria da Penha.

Além da patrulha, o projeto Maria da Penha também contempla a inclusão das mulheres com medida protetiva em um grupo de whatsApp que funciona como um botão de pânico, um canal direto para pedir socorro à GCM em casos de emergência. Outra etapa do projeto tem foco educativo, com a sensibilização de toda a comunidade e a promoção de palestras que ressaltem a importância de se debater o tema da violência doméstica.

  

Comentários