Jaguariúna se destaca em campeonato de Taekwondo – Poomsae

Em março, os atletas que treinam na Alliance Jaguariúna, Estúdio NR e Jaguar Tênis Clube com o Professor José Luiz Olímpio Teodoro, saíram entusiasmados de Jaguariúna em direção à Campinas. O trajeto foi realizado para participar do Terceiro Campeonato Nacional de Poom-se.

O Poomsae é um conjunto de movimentos de ataque e defesa que são o resultado do cultivo do espírito do Taekwondo e de suas técnicas, cuja complexidade varia de acordo com a graduação.

O evento teve como organizador o presidente da Brazil Taekwondo Academy, Mestre Evandro, que deu as boas vindas aos expectadores e alunos. “O meu Taekwondo não tem que ser melhor do que o dele, porque não somos iguais; o meu Taekwondo tem que ser melhor do que o meu”.

Esteve presente também o primeiro mestre de Taekwondo que se formou no Brasil, Mestre Sobrinho. Ele agradeceu aos organizadores e a todos os presentes e falou da importância do Poomsae. “É técnica, equilíbrio, eficiência, disciplina e respeito – é a cereja do bolo do Taekwondo, que está crescendo muito no Brasil”.

Outras celebridades do esporte estiveram presentes como o campeão sul-americano Márcio Losada, e a medalhista, eleita durante dois anos consecutivos a melhor atleta brasileira de Poomsae, Manuela Pontual, que homenageou e agradeceu os grandes mestres presentes com a entrega de medalhas.

A Associação Tchon–Ji de Taekwondo de Jaguariúna, Campinas e Bueno Brandão foi a vencedora da competição trazendo o troféu por equipes. Os atletas de Jaguariúna trouxeram trinta medalhas para a cidade. Foram onze medalhas de ouro, oito de prata e 11 de bronze.

Para a atleta Ana, medalhista de ouro em sua primeira competição, foi uma experiência e tanto. Além de ter sido destaque com a pontuação mais alta da disputa de coloridas. “Acordei de madrugada fazendo os golpes, estava muito ansiosa. Depois que terminou a apresentação senti uma emoção muito grande, na minha idade, com 65 anos, é uma superação”, afirmou.

Para Ícaro, de 11 anos, medalha de ouro, vencer não é somente uma conquista. “Significa que estou melhorando”. Sophia, 09 anos, também levou o primeiro lugar e considerou que sua vitória é resultado de muito esforço. “Foi uma conquista porque comecei a treinar rápido o Poom-se da minha faixa. No primeiro dia depois do exame de faixa, o kiosanim me ensinou a sequência. Depois treinei para aperfeiçoar. Mas, o que me fez ganhar mesmo foi minha coragem e seguir o que o mestre ensinou. Quero agradecer o kiosanim acima de tudo, porque ele me ensinou tudo”.

A mãe de Nicolas, Karen, viajou pela primeira vez em uma competição de Poomsae do filho. “Assim como ele, eu estava ansiosa, mas me mantive firme para apoiá-lo. Procurei estar com ele para dar segurança. Ao final, foi mais tranquilo do que eu imaginava. Talvez eu esteja mais preparada para a próxima”, afirmou.

  

Comentários