JBS anúncia investimento de R$ 63 milhões para duplicação da fabrica de Jaguariúna

A expectativa é que a nova operação inicie em janeiro de 2021 e gere cerca de 50 novos empregos

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira, 14 de maio, no gabinete municipal, a JBS Seara anunciou um investimento de R$ 63 milhões para a ampliação da fábrica de Jaguariúna. A expectativa é que a nova operação inicie em janeiro de 2021 e gere cerca de 50 novos empregos.

De acordo com o gerente interino da empresa, Lucas Aleixo, todo o capital será destinado para a duplicação da linha de produção de “Mortadela Gourmet”. Com isso, a JBS Seara de Jaguariúna vai se tornar a maior fábrica de “Mortadela Gourmet” do Brasil.

“Mesmo em tempos de crise e de muita dificuldade estamos investindo. Tudo para elevar o nível de automação, de capacitação técnica e, consequentemente, do nosso produto final”, avaliou Aleixo.

O secretário de desenvolvimento econômico de Jaguariúna, Valdir Oliveira, participou da reunião e comemorou a novidade. “Se a empresa cresce, a cidade cresce junto. Espero que esse novo investimento, traga bons frutos para a empresa e para a nossa população, que com certeza será beneficiada com novas oportunidades”, ressaltou o secretário.

NOVOS EMPREGOS
No último mês, a JBS Seara de Jaguariúna oficializou a contratação de 18 novos profissionais para atuarem na produção. Conforme a coordenadora de recursos humanos da empresa, Ângela Romano, outras 8 contratações serão efetivadas na próxima semana.

Essas contratações estão sendo intermediadas com apoio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Jaguariúna. “Estamos na contramão do mundo. Gerando novos empregos e mantendo o emprego das pessoas que já estavam aqui. Oferecemos as condições necessárias para que nossos funcionários se sintam confortáveis e seguros. Isso realmente dá resultado, batemos recorde de produção”, disse a coordenadora.

  

Comentários