Limeira é destaque em ranking nacional de Saneamento Básico

 Levantamento reuniu 231 municípios do País e levou em conta o abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, coleta de lixo e destinação de resíduos sólidos

Limeira (SP), 8 de fevereiro de 2018 – Ranking inédito elaborado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) aponta que Limeira está entre as cidades com os melhores índices de Saneamento Básico do País. O levantamento analisou os dados de 231 municípios com mais de 100 mil habitantes, de toda as regiões. Limeira ficou entre as 14 cidades de melhor pontuação, que representam 6% dos municípios avaliados, com média de 494,04 pontos num total de 500.

“Limeira se transformou em uma referência para as cidades brasileiras que desejam avançar na área de Saneamento Básico. É um orgulho para todos nós que esse reconhecimento venha de uma associação importante como a ABES, que reúne cerca de 10 mil profissionais do setor”, afirma Rodrigo Leitão, gerente de Operações da BRK Ambiental, concessionária responsável pela gestão e operação dos serviços de água e esgoto no município.

Limeira foi o primeiro município do país a fazer uma concessão do serviço de Saneamento Básico à iniciativa privada, em 1995, quando apenas 2% do esgoto coletado na cidade era tratado. O cenário mudou bastante ao longo das últimas duas décadas. Hoje, Limeira conta com 100% de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto na área urbana do Município, sob administração da concessionária dos serviços públicos.

O ranking elaborado pela ABES levou em conta fatores como abastecimento de água, coleta de esgoto, tratamento de esgoto, coleta de lixo e destinação adequada de resíduos sólidos. Os municípios foram agrupados em três categorias: rumo à universalização, onde Limeira aparece, além de cidades que têm compromisso com a universalização e as que estão ainda nos primeiros passos para a universalização.

Saúde e Saneamento Básico

Com base em dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o ranking da Abes também chama a atenção para a relação entre Saúde e Saneamento Básico. Segundo o documento, 88% das mortes por diarreia no mundo são atribuídas à má qualidade da água, saneamento inadequado e falta de higiene. Segundo o documento, a diarreia é a segunda maior causa de mortes em crianças menores de 5 anos de idade.

A ABES utilizou dados do Ministério da Saúde para verificar o número de internações por Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DRSAI) entre os 231 municípios. O estudo constatou que os municípios melhor posicionados no ranking apresentaram menores taxas de internações. Nesse caso, Limeira aparece com 18,55 internações para cada 100 mil habitantes, abaixo da média atingida pelo grupo dos 14 municípios mais bem posicionados no ranking, que ficou em 19,79.

Investimentos

O atual ciclo de investimentos da BRK Ambiental prevê melhorias no sistema de abastecimento de água de Limeira com a ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Água (ETA) e construção de novos reservatórios e adutoras, com o objetivo de atender ao crescimento do município. Na área de esgoto, os investimentos se referem à ampliação e melhoria da eficiência da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Tatu e a implantação de processo de secagem térmica do lodo.

Todo o pacote de investimentos é acordado e acompanhado pela Prefeitura, e está de acordo com o plano diretor de água e esgoto do município.

BRK Ambiental

A BRK Ambiental é a maior empresa privada de saneamento do país e está presente em mais de 180 municípios brasileiros, beneficiando a vida de 15 milhões de pessoas. Além de desenvolver soluções para preservar os recursos naturais e melhorar a qualidade de vida dos moradores das cidades em que se faz presente, a companhia opera plantas de tratamento de resíduos e água para operações industriais.

Entre os municípios atendidos a empresa tem em seu portfólio e em andamento os maiores projetos e investimentos realizados por empresas privadas no setor de saneamento no país: a parceria público-privada para ampliação dos serviços de esgoto em 14 municípios da Região Metropolitana do Recife e Goiana, a concessão dos serviços de esgoto da Zona Oeste do Rio de Janeiro, a subdelegação dos serviços de esgoto dos municípios de Aparecida de Goiânia, Trindade, Jataí e Rio Verde.

A BRK Ambiental é também responsável pelo Aquapolo, maior projeto de água de reuso do Hemisfério Sul, que produz água industrial a partir do esgoto doméstico no ABC paulista. São duas plantas de tratamento de resíduos industriais no território nacional.

Parte integrante da Brookfield, empresa canadense que chegou ao Brasil em 1899 e investe e administra ativos em mais de 30 países, nos cinco continentes, a BRK Ambiental ainda tem o FI FGTS como parceiro minoritário (30% das ações) e reforça a tradição de seus sócios em contribuir com o desenvolvimento econômico e social, investindo num setor importante para o futuro do país e da qualidade de vida de milhões de brasileiros.

Matéria: ASCOM

  

Comentários