Mogi Guaçu tem redução de 34,2% de mortes no trânsito em 2017

(Foto: Reprodução)

Os óbitos causados por acidente de trânsito caíram 34,2% em 2017 em relação ao ano anterior. Foram registradas 25 mortes no ano passado, 13 a menos do que em 2016, segundo o levantamento divulgado semana passada pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, vinculado ao Governo do Estado.

O resultado de 2017 ficou muito abaixo da expectativa traçada pelo Movimento Paulista, que previa um teto de 31 mortes em ocorrências de acidente de trânsito em Mogi Guaçu. Do total, 48% dos óbitos ocorreram em vias públicas municipais. O restante em rodovias, que são jurisdição de concessionárias e autarquias públicas, além de locais não identificados na elaboração dos boletins de ocorrência.

Moto tem sido a maior responsável por causar acidentes no trânsito: 36% dos casos. As faixas etárias mais impactadas foram as 18-24, 35-39 e 50-54. Os números são muito satisfatórios, uma vez que o Município tem investido cada vez mais em ações que priorizam a prevenção de acidentes.

O recapeamento de ruas e avenidas, o reforço na sinalização vertical e horizontal e a implantação de radares fixos em vias de maior movimento, com o intuito de fiscalizar motoristas que excedem o limite de velocidade, têm sido algumas das ferramentas adotadas pela SOV (Secretaria de Obras e Viação) da Prefeitura.

O investimento é constante, tanto que o Município tem participado ativamente das reuniões do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito para atingir números satisfatórios. No Estado, houve redução de 1,4% de mortes no trânsito. A meta até 2020 é atingir a redução de 50% das mortes em vias municipais e rodovias do Estado.

Confira abaixo os infográficos:

  

Comentários