Mogi Mirim atinge 57% de isolamento social e fica entre as 10 melhores do Estado

Pelo segundo final de semana consecutivo, Mogi Mirim figurou no grupo de melhores cidades do interior paulista no percentual de isolamento social, determinado para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). No último domingo (24) o município atingiu a marca de 57% de isolamento, de acordo com o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP), ficando acima da média estadual, de 55%. O resultado colocou Mogi na nona colocação estadual, e em primeiro lugar na região de Campinas. No sábado (23) o isolamento foi de 51%, a 15ª melhor marca em todo o Estado. A informação do Estado também foi divulgada pelo portal G1, na segunda-feira (25).

O percentual de 57% no domingo foi o mesmo de São Paulo e Mairiporã, e abaixo apenas de Caraguatatuba e São Roque (58%), Santana de Parnaíba (60%), Ubatuba (62%), Ibiúna (63%) e São Sebastião (67%). O governo do Estado tem como meta alcançar o percentual mínimo de 55%, ainda abaixo dos 70% de isolamento, marca considerada a ideal pelo comitê de combate ao novo coronavírus (Covid-19) para o achatamento da curva de contaminação.

Mogi Guaçu registrou 53% de isolamento social no domingo, enquanto Itapira marcou 52%. No último dia 17, também um domingo, Mogi Mirim já havia atingido 56% de isolamento social (10º do Estado), indicador acima da média dos municípios de São Paulo, e a melhor marca entre as 12 cidades da região de Campinas.

Boletim divulgado nesta segunda-feira (25) pela Prefeitura mostra que a cidade registra 39 casos confirmados, 28 suspeitos, 203 notificados e um óbito confirmado. São ainda 13 curados e 136 casos descartados.

Sistema de Monitoramento

A central de inteligência lançada pelo governo do Estado indica tendências de deslocamento e aponta a eficácia das medidas de isolamento social. A partir disso, o governo afirma ser possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, visando aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento da doença.

O SIMI-SP, segundo informado pela assessoria de imprensa do governo, é viabilizado através de uma parceria com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que ocorra a consulta de informações agregadas a respeito do deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário, aponta o Estado.

  

Comentários