OBMEP aplica prova da segunda fase de 2018 e premia medalhistas de 2017

Os estudantes classificados na primeira fase da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) de 2018 prestaram a prova da segunda e última fase no sábado, dia 15.

Em Mogi Guaçu, a prova da primeira fase foi aplicada na FEG (Fundação Educacional Guaçuana). A primeira fase foi realizada no dia 5 de junho. Os medalhistas serão divulgados no dia 21 de novembro.

Mais de 800 alunos de 13 escolas municipais, 12 estaduais e cinco particulares de Mogi Guaçu se classificaram a segunda fase. A participação de escolas particulares na OBMEP ocorre pelo segundo ano consecutivo.

As provas se dividem em três níveis: Nível 1, para estudantes do 6º ou 7º ano, Nível 2, para os do 8º ou 9º do Ensino Fundamental, e Nível 3, para o Ensino Médio. Escolas e professores também são premiados.

Na OBMEP 2017, alunos de 17 escolas municipais e estaduais de Mogi Guaçu conquistaram uma medalha de ouro, cinco de prata e 11 de bronze e outros 74 estudantes receberam certificados de Menção Honrosa.

Foram três medalhistas de prata e três de bronze no Nível 3, um de prata e quatro de bronze no Nível 2 e um de prata e quatro de bronze no Vível 1. Ivã Depieri Júnior, aluno da Escola “Professor Cid Chiarelli”, da FEG, foi o medalhista de ouro.

Ele estuda no 2º do Ensino Médio. Ivã recebeu sua quarta medalha no dia 2 de agosto, durante o Congresso Internacional de Matemáticos – ICM 2018, no Rio de Janeiro, consagrando-se como um dos tetracampeões da OBMEP.

Os ganhadores de medalhas de prata e bronze receberam a premiação em cerimônia regional que antecedeu a abertura do XXXVIII Congresso Nacional de Matemática Aplicada e Computacional, na Unicamp, em Campinas, nesta segunda-feira, dia 17.

Durante a solenidade, a diretora da FEG, Maria Bernardete Dalera, recebeu a premiação em nome a Escola “Professor Cid Chiarelli”, contemplada entre as escolas que ganharam um kit com material didático na OBMEP de 2017.

Foram premiados também as professoras Isabel Bizon e Claudineia Passareli Chierini, da FEG, Carla Elias Montanheiro, da FEG e da EMEF “Adirce Cenede Caveanha”, e o professor Pedro Paulo Fritella, da Escola Estadual Jardim Santa Cruz.

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é uma realização do IMPA (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada), iniciada em 2005.

  

Comentários