ONG com 365 voluntários palhaços bate recorde

A Hospitalhaços entra para o RankBrasil em 2014 pelo recorde de Maior número de palhaços humanizadores em hospitais. São 365 voluntários, que divididos em 23 equipes percorrem 17 estabelecimentos de Campinas (SP) e região metropolitana.

Foto1

Os palhaços voluntários têm a missão de propagar os sentimentos de dignidade, amor e alegria / Foto: Arquivo recordista

“O principal objetivo é transformar o ambiente hospitalar, tornando-o agradável e descontraído”, diz o coordenador geral da ONG, Mario Eduardo Paes. Segundo ele, os participantes do projeto têm a missão de propagar três principais sentimentos: dignidade, amor e alegria.

Ao chegarem, os voluntários distribuem amor e contagiam o lugar arrancando sorrisos. Além das atividades lúdicas e artísticas, como dançar, cantar e contar piadas, fazem o que muitas vezes é essencial: dar atenção individual às pessoas. “Os que mais acolhem nosso trabalho são os mais necessitados de um instante feliz”.

Paes explica que a humanização traz inúmeros benefícios. “Para o paciente e familiares o ambiente fica acolhedor e menos traumático, porque a figura do palhaço consegue modificar o momento delicado em algo divertido, amenizando a dor e levando a esperança de dias melhores”.

Com o slogan ‘Nosso trabalho é uma brincadeira muito séria’, a Hospitalhaços visa ser referência em humanização hospitalar no país / Foto: Arquivo recordista

Com o slogan ‘Nosso trabalho é uma brincadeira muito séria’, a Hospitalhaços visa ser referência em humanização hospitalar no país / Foto: Arquivo recordista

A ação é generalizada, envolvendo os profissionais da saúde, valorizando desde recepcionistas, faxineiros e seguranças, até enfermeiros e médicos. “Todos fazem parte do processo e cada um tem papel fundamental”, comenta. “Com a atividade, eles se sentem mais calmos e satisfeitos com o local de trabalho”, completa.

De acordo com o coordenador, pesquisas realizadas em hospitais infantis indicam que a performance dos palhaços aumenta a aceitação de crianças diante do tratamento e reduz o tempo de internamento. Além disso, as famílias se tornam confiantes no processo e passam a brincar mais com seus filhos.

BRINQUEDOTECA
A ONG dispõe de quatro brinquedotecas, espaços com diversos brinquedos para não deixar esquecer que o paciente infantil é criança. “Estamos quebrando paradigmas no ambiente de saúde: brincar e se divertir é essencial para uma rápida recuperação”, destaca.

A proposta da Hospitalhaços não é somente levar alegria, mas também modificar a vida do voluntário. “É um aprendizado todos os dias, com experiências que trazem nova visão do que é ser feliz, minimizando os problemas pessoais diante de outros muito mais sérios”.

Para ser voluntário é preciso se inscrever no site da ONG ou ir até a sede, em Campinas. Como o trabalho de palhaço é bastante procurado existe um processo seletivo que acontece duas vezes por ano. Quem não se encaixar no perfil há vagas para outros setores igualmente importantes na ajuda ao próximo.

HOSPITALHAÇOS
Fundada em 1999 por Walkiria Camelo, através de uma vontade de promover o bem, atualmente a organização não governamental e sem fins lucrativos beneficia cerca de 30 mil pessoas por mês. Para marcar os 15 anos da associação, um evento comemorativo será realizado no próximo 14 de novembro.

Segundo o coordenador, com o passar dos anos o projeto foi tomando grandes proporções, tendo como foco principal a qualidade dos serviços prestados. Com o slogan ‘Nosso trabalho é uma brincadeira muito séria’, a Hospitalhaços visa ser referência em humanização hospitalar no país. O título do RankBrasil é uma evidência disso.

HOSPITAIS ATENDIDOS PELA HOSPITALHAÇOS:
Hospital de Clínicas da Unicamp – Campinas
Hospital e Maternidade Celso Pierro – Campinas
Hospital Municipal Dr. Mário Gatti – Campinas
Hospital Municipal Ouro Verde – Campinas
Centro Infantil Boldrini – Campinas
Centro Médico de Campinas – Campinas
Hospital Municipal de Americana – Americana
Hospital Estadual de Sumaré – Sumaré
Hospital Municipal de Paulínia – Paulínia
Hospital Mário Covas – Hortolândia
Hospital da Mulher – CAISM – Campinas
Santa Casa de Valinhos – Valinhos
Santa Casa de Cerquilho – Cerquilho
Hospital Municipal – Mogi Guaçu
Hospital São Francisco – Mogi Guaçu
Santa Casa – Mogi Guaçu
Santa Casa – Tietê

  

Comentários