Vovó muito especial completa 90 anos no Dia dos Avós

Neste último dia 26 de julho foi comemorado o Dia dos Avós, uma data importante que homenageia essas pessoas tão importantes em nossas vidas. Para homenagear os avós pensei em retratar a história de avós muito especiais. Mas todos são tão especiais… pensei!!!

Dessa forma precisava encontrar uma história para homenagear a todos, nessa data especial. Algum tempo antes soube de uma senhora que tem uma história de vida muito bonita e que faria 90 anos neste mês. Qual não foi minha surpresa quando entrei em contato com uma de suas filhas e soube que seu aniversário era no dia 26 de julho. Perfeito!!!

No dia e horário marcados fui me encontrar com ela, na casa dessa filha, pensando o que teria de tão especial em sua história. Chegando lá encontrei uma senhorinha simpática, alegre e sorridente que parecia nem ter 80 anos, tal a sua vitalidade. Vamos a sua história!

Seu nome é Jeronima Rita de Jesus Paro, Jeronima com ‘J’ mesmo, nascida no dia 26 de julho de 1927, na cidade de Frutal, em Minas Gerais. Ela se casou aos 19 anos com Gumercindo Paro e ficou viúva depois de 37 anos de casada. Teve 8 filhos naturais e mais 4 adotivos. Tem 19 netos, 13 bisnetos e 2 tataranetos.

Dona Jeronima veio de São Paulo para morar em Artur Nogueira há 34 anos atrás, quando seu marido foi transferido pela empresa Oriente. Depois de morar algum tempo no centro da cidade ela se estabeleceu com a família no bairro Itamaraty, onde segundo ela, só havia algumas casas nesta época.

No início da vida de casada ela trabalhou em serviço rural e, como a maioria das mulheres da época, levava os filhos no trabalho, depois cuidava dos afazeres da casa e da família. Apesar do pouco recurso que possuía sempre ajudou as pessoas que precisavam dela.

Mas esta história de envolvimento com o sofrimento das pessoas começou muito tempo antes, quando tinha apenas 15 anos de idade ela descobriu que tinha o dom de benzer as pessoas, através de suas orações e simpatias, para aliviar seus sofrimentos. Ainda hoje continua com essa missão de benzer crianças e adultos de todas as idades que a procuram em sua casa.

“Chego a benzer até 20 pessoas por dia vindas de várias cidades da região e do Estado. Algumas pessoas vêm apenas para desabafar algum problema. Faço isso com muita satisfação e fico feliz em aliviar o sofrimento delas”, contou, ressaltando que graças aos seus benzimentos já curou pessoas com ‘erisipela’ e outras doenças difíceis de serem curadas. “Quem cura é Deus, eu sou apenas um instrumento, mas a pessoa precisa ter fé”.

Ainda hoje, além de servir às pessoas, ela é muito ativa, cuida da sua casa, costura, faz colchas e tapetes de retalho, faz sabão caseiro e vende produtos da Avon. “Nunca gostei de ficar parada, sempre gostei de trabalhar e ter várias atividades. Tenho orgulho de ter criado e educado bem os meus filhos. Hoje estão todos bem encaminhados na vida. Também gosto muito dos meus netos, bisnetos e tataranetos”, afirmou.

Seu neto Vinicius Del’ Alamo, presente no encontro, disse que a qualidade que mais admira na avó é sua positividade diante da vida. “Eu amo a admiro muito minha avó porque nunca a vi reclamar de nada e nem falar de seus problemas. Além disso, ela é que ouve o desabafo e reclamações das pessoas”.

O que mais me impressionou vou ver como ela é saudável aos 90 anos de idade. Enxerga e ouve perfeitamente, não tem problemas de pressão alta nem diabetes e é muito lúcida. “Outro dia o médico me disse que sou a pessoa mais idosa que ele atende em seu consultório e também a mais saudável” comentou sorrindo.

Ela também me contou algumas particularidades de sua vida. Quando completou 18 anos, foi surpreendida com uma convocação para servir o Exército. Só então descobriram que seu nome foi registrado no cartório como Jeronimo. Passado o susto, ela teve que fazer um requerimento para cancelar a convocação e consertar o erro do cartório. Seu pai viveu 118 anos, casou-se duas vezes e teve 22 filhos.

Quando perguntei qual o segredo da sua longevidade e saúde ela respondeu: “Nunca fiquei nervosa, nem irritada com nada. Nunca reclamei dos meus problemas, encaro tudo sempre com alegria e disposição. Procuro viver bem e ajudar a todos que precisam. Acho que esse é o segredo!”, completou.

Matéria: Marilei Barbosa

  

Comentários