Banda Municipal prepara repertório especial para homenagem às mulheres no 8 de março

(Chiquinha Gonzaga)

O dia 8 de março, consagrado como “Dia Internacional da Mulher”, terá uma homenagem especial às mulheres organizada pela Prefeitura de Jaguariúna por meio da Secretaria municipal de Turismo e Cultura (Setuc).

O evento será na próxima quinta-feira (08/03), denominado “De Chiquinha Gonzaga a Anitta”, e terá os músicos da Banda Municipal ‘Paulo de Moraes Penteado’ como atração principal, a partir das 20h, no Teatro Municipal, com entrada gratuita ao público. A regência é do maestro Rinaldo Zamai. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria, com 30 minutos de antecedência.

De acordo com a titular da pasta, secretária Maria das Graças Hansen Albaran dos Santos, a Banda Municipal está preparando um repertório especial para a data e todas as mulheres e seus familiares estão convidados.

“Essa apresentação é para lembrar e ressaltar a importância das mulheres na sociedade e foi denominada ‘De Chiquinha Gonzaga a Anitta’. Ela faz parte do projeto Banda Municipal Convida e terá um repertório de grandes sucessos musicais somente com cantoras e intérpretes femininas, pois nossa música é rica em revelar detalhes das lutas, conquistas e avanços alcançados pelas mulheres”, destaca a secretária.

Dessa forma, para este primeiro concerto ao vivo de 2018 a banda vem ensaiando um repertório que mostrará a trajetória da música brasileira através de canções de compositoras e intérpretes consagradas, iniciando no final do século XIX, percorrendo todo o século XX e chegando aos dias atuais.

“Será uma viagem no tempo, onde o público poderá apreciar toda a luta que as mulheres tiveram que travar para quebrar as barreiras do preconceito e buscar a igualdade social, lembrando que, antigamente, muitas vezes a única forma delas se expressarem era através da arte”, pontua o maestro.

SERVIÇO

Projeto Banda Municipal Convida

Evento: Concerto “De Chiquinha Gonzaga a Anitta” – Apresentação ao vivo da Banda Municipal Paulo de Moraes Penteado.

Quando: 8 de março de 2018 (quinta-feira) – Horário: 20h

Local: Teatro Municipal de Jaguariúna

Detalhe: Entrada gratuita (ingressos serão distribuídos na bilheteria com 30 minutos de antecedência – Capacidade: 370 lugares

Convidadas Especiais: Mulheres de Jaguariúna e seus familiares

SOBRE CHIQUINHA GONZAGA (foto)

A compositora e maestrina carioca Chiquinha Gonzaga (1847-1935) nasceu Francisca Edwiges Neves Gonzaga no Rio de Janeiro, em 17 de outubro de 1847, fruto da união de José Basileu Neves Gonzaga, militar de ilustre linhagem no Império, com a forra Rosa, filha de escrava.

Destaca-se na história da cultura brasileira e da luta pelas liberdades no país, principalmente a das mulheres, pelo seu pioneirismo. A coragem com que enfrentou a opressora sociedade patriarcal e criou uma profissão inédita para a mulher, causou escândalo em seu tempo.

Atuando no rico ambiente musical do Rio de Janeiro do Segundo Reinado, no qual imperavam polcas, tangos e valsas, Chiquinha Gonzaga não hesitou em incorporar ao seu piano toda a diversidade que encontrou, sem preconceitos. Assim, terminou por produzir uma obra fundamental para a formação da música brasileira.

Matéria: ASCOM – Fonte: https://chiquinhagonzaga.com/wp/biografia/

  

Comentários