Cidade tem ‘Projeto de Saúde e Sexualidade na Adolescência’ premiado

Iniciado em Pedreira, em maio de 2013, pela Administração Municipal, através de sua idealizadora, a ginecologista e obstetra Gleise Ferreira F. Camilotti, o Projeto ‘Saúde, Sexualidade e Afetividade na Escola’ foi reconhecido e premiado por uma indústria farmacêutica.

O Projeto promove ações de orientação à sexualidade e afetividade de adolescentes, de 7ª e 8ª séries, além de também identificar as meninas que nunca passaram por um ginecologista e precisam iniciar um acompanhamento. Aliás, este é um tema que se encontra cercado de mistérios e tabus.

O Projeto estimula a conscientização dos profissionais da saúde para melhorar e adequar o atendimento desta faixa etária. Numa segunda etapa, de todos os partos realizados no Município, as jovens com menos de 19 anos, fazem, obrigatoriamente, uma revisão do parto (a consulta do puerpério é realizada entre a 4ª e 6ª semanas após o parto. O médico irá avaliar a forma como o corpo da mulher se recuperou depois do parto e a prepara para viver esta nova fase de forma segura e saudável) com a ginecologista Gleise, responsável pelo Programa.

“É com muito orgulho que vejo o trabalho de nossa Administração e de profissionais comprometidos sendo ratificado em sua qualidade. Dentre os 50 Projetos reconhecidos, o nosso ficou entre os cinco principais, ou seja entre os destaques, pelas ações de acesso ao bem-estar e iniciativas direcionadas para a melhoria da qualidade de vida da população de todo o País”, salientou o prefeito de Pedreira, Carlos Pollo.

Somente em seu primeiro ano de aplicação o ‘Saúde, Sexualidade e Afetividade na Escola’ atingiu 1.210 adolescentes, entre 11 e 19 anos, com vida sexual ativa; agregando 200 consultas ao planejamento familiar, que é oferecido na rede pública de saúde de Pedreira.

O prêmio ‘Médico Cidadão’ é um reconhecimento, uma identificação dos profissionais que promovem acesso ao bem-estar, praticando ações sociais, apoio à comunidade, grupos de pacientes e outras iniciativas focadas na melhoria da qualidade de vida da população carente.

  

Comentários