Dakar 2023 – Marcelo Medeiros garante a 2º posição entre os quadriciclos no prólogo

A partir deste domingo, 1º de janeiro, o rali de abrangência mundial começa para valer! Com prova em laço, a primeira de 14 etapas terá largada e chegada do Sea Camp, às margens do Mar Vermelho. Com o Yamaha #159, o piloto maranhense acredita que pode finalizar o evento entre os três primeiros

 

Yanbu (Arábia Saudita)  Tudo começa à costa do Mar Vermelho! A cerimônia de abertura da 45ª edição do Dakar foi sucedida pelo prólogo às 8 horas em horário local (2 horas/horário de Brasília), e definiu a ordem de largada para o dia seguinte, o primeiro do novo ano. Marcelo Medeiros, da TAG Racing e pentacampeão do Sertões, garantiu a 2º posição entre os 18 quadriciclos inscritos, na disputa deste sábado, 31 de dezembro. O maranhense, com seu Yamaha YFM 700R, #159, completou o traçado de 13 quilômetros em um dos maiores eventos off-road do planeta em 8min51seg a 1 segundo do líder da categoria.

Ao longo da beira mar a especial do prólogo teve pistas em piso totalmente de areia que deu aos competidores a chance de testar seus equipamentos. Os quinze primeiros colocados de cada categoria irão escolher sua posição na largada, na ordem inversa da classificação, durante o briefing da primeira etapa do Dakar.

Marcelo Medeiros que venceu três etapas na edição anterior está animado para a etapa inicial neste domingo. “O prólogo teve uma trajeto cronometrada curto. Será a minha segunda experiência aqui na Arábia Saudita, por isso vou usar de toda a experiência do ano passado e das edições que participei na América do Sul, do Sertões,  como também do ano de preparação. Acredito que a posição que vamos largar é confortável, é um rali de grandes proporções, por isso aqui foi só o primeiro start”, destaca Marcelo Medeiros.

Quanto à sua impressão das próximas etapas, o maranhense de 33 anos é cauteloso. “O objetivo principal é que consigamos completar bem todos os dias e estar entre os três primeiros colocados ao final da jornada. Já temos noção de tudo que enfrentaremos, serão dificuldades diferenciadas, clima frio, um mar de areia, pedras grandes e a travessia de imensas e inúmeras dunas. Cada obstáculo se transforma em motivação, que comece o desafio!”, menciona.

O piloto da TAG Racing e seu Yamaha 700 vão se submeter, durante estas duas primeiras semanas do ano, a um total de 8.549 quilômetros, dos quais 4.706 quilômetros serão especiais cronometrados e o restante divididos entre trechos iniciais e finais de deslocamento. O Dakar começa de fato, neste domingo, 01 de janeiro e prossegue até 15 de janeiro, em um trajeto em forma de anel, em torno do Sea Camp.

As especiais mais longas, com mais de 400 quilómetros, marcarão a primeira semana, enquanto as dunas chegam à segunda metade da prova, que inclui uma etapa maratona entre as 11ª e 12ª etapas. Após o prólogo, cidades conhecidas no roteiro da prova, Al Ula e Ha’il são os desafios seguintes, com duas etapas em laço. Em seguida, a caravana chega a Al Duwadimi, que recebe mais um laço, e de lá segue para Riyadh.

Após o dia de descanso, acontecem as duas pernas da etapa Maratona (sem suporte mecânico), em torno de Shaybah. Além disso, na fase final da competição a prova traz uma das novidades da 45ª edição: a travessia do Empty Quarter, ou quarteirão vazio, uma imensidão de areia e dunas no Sudeste saudita após o dia de descanso. Por fim, vêm Al-Hoffuf e Dammam, que consagrará os campeões em uma praia às margens do Golfo Arábico.

Depois de concluídas as vistorias técnicas, participaram do prólogo 353 veículos, incluindo 121 motos (das quais 27 correrão na categoria Original by Motul), 18 quadriciclos, 67 carros T1, 2 T2s, bem como 47 protótipos leves T3, 45 T4 SSVs, 55 caminhões (T5). A cada tarde, no acampamento, juntar-se-ão os 88 veículos participantes na 3ª edição do Dakar Classic, numa caravana de 187 concorrentes.

O Brasil contribui com 12 desses muitos inscritos e sem representantes entre as motocicletas. O elenco conta com Medeiros nos Quadriciclos, Lucas Moraes, e João Fortes na categoria Classic entre os Carros e outros oito pilotos nos UTVs: Gustavo Gugelmin, Pâmela Bozzano, Cadu Sachs, Ênio Bozzano, Luciano Gomes, Rodrigo Luppi, Maykel Justo, Bruno Conti e Cristiano Batista.

O Dakar 2023 somará pontos para o Campeonato Mundial de Rally Cross Country (FIA e FIM). Mais informações: www.dakar.com e App Dakar Rally 2023.

Marcelo Medeiros conta com patrocínio do Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo Estadual ao Esporte com a empresa Centro Elétrico, no Dakar 2023.

DAKAR 2022

RESULTADO DO PRÓLOGO – QUADRICICLOS FIM

 

1) #151 Alexandre Giroud, FRA, Yamaha Racing, SMX – Drag’on, Raptor 700, 8min50

2) #159 Marcelo Medeiros, BRA, TAG Racing, Yamaha Raptor 700, 08min51

3) #171 Daniel Vila Vaques, Dv4 Powered By Motul, Raptor 700, 09min02

4) #166 Giovanni Enrico (CHL), Enrico Racing, 09min08

5) #155 Kamil Wisniewski (POL), Orlen Team, 09min16

6) #163 Pablo Copetti (USA), Del Amo Motorsports By Motul, 09min18

7) #167 Abdulaziz Ahli (ARE), A.Ahli92Racing, 09min19

8) #162 Laisvydas Kancius (LTU), Story Racing, 09min22

9) #160 Axel Dutrie (FRA), Drag’on Rally Service, 09min24

10) #165 Sebastien Souday (FRA), Team All Tracks, 09min25

11) #154 Francisco Moreno Flores (ARG), Drag´On Rally Team, 09min25

12) #164 Tom Vingut (ESP), Visit Sant Antoni – Ibiza, 09min33

13) #153 Juraj Varga (SVK), Varga Motorsport Team, 09min36

14) #156 Zdenek Tuma (CZE), Barth Racing, 10min00

15) #158 Carlos Alejandro Verza (ARG), Verza Rally Team, 10min16

16) #170 Xavier Verbeke (FRA), Happyness Racing, 10min20

17) #169 Alejandro Fantoni (ARG), Drag’on, 10min20

18) #152 Manuel Andujar (ARG), 7240 Team, 11min03

ROTEIRO DAKAR 2023 (ARÁBIA SAUDITA)

31/12 – PRÓLOGO – SEA CAMP > SEA CAMP – 11 km

01/01 – ETAPA 1 – SEA CAMP > SEA CAMP – 602.56 km (total)| 367 km (especial)

02/01 – ETAPA 2 – SEA CAMP > ALULA – 589.07 km | 430 km

03/01 – ETAPA 3 – ALULA > HA’IL – 669.15 km | 447 km

04/01 – ETAPA 4 – HA’IL > HA’IL – 574.01 km | 425 km

05/01 – ETAPA 5 – HA’IL > HA’IL – 645.04 km | 373 km

06/01 – ETAPA 6 – HA’IL > AL DUWADIMI – 876.24 km | 465 km

07/01 – ETAPA 7 – AL DUWADIMI > AL DUWADIMI – 641.46 km | 472 km

08/01 – ETAPA 8 – AL DUWADIMI > RIYADH – 713.85 km | 398 km

09/01 – DESCANSO – RIYADH

10/01 – ETAPA 9 – RIYADH > HARADH – 686 km | 358 km

11/01 – ETAPA 10 – HARADH > SHAYBAH – 623.94 km | 113 km

12/01 – ETAPA 11 – SHAYBAH > EMPTY QUARTER (MARATONA) – 428.27 km | 275 km

13/01 – ETAPA 12 – EMPTY QUARTER (MARATONA) > SHAYBAH – 374.86 km | 183 km

14/01 – ETAPA 13 – SHAYBAH > AL-HOFUF – 675.6 km | 154 km

15/01 – ETAPA 14 – AL-HOFUF > DAMMAM – 417.3 km | 136 km

TOTAL DE ESPECIAIS= 4.607 km

TOTAL GERAL= 8.528,35 km

Foto: Marcelo Machado de Melo / Fotop

  

Comentários