Eleição em Mogi Guaçu transcorre sem nenhum tumulto ou grandes filas

Os 111.313 mil eleitores aptos a votar não encontraram nenhuma grande dificuldade na hora de exercer o direito do voto. Nas seções não houve muitas filas e a espera foi baixa. Antes mesmo dos portões serem abertos em alguns colégios eleitorais já havia filas se formando.

Segundo alguns fiscais nos colégios eleitorais na parte da manhã e por volta do meio dia foram os horários que mais concentraram eleitores. Este ano a biometria está presente nas eleições municipais, os eleitores que se cadastraram no sistema puderam usar esta nova ferramenta este ano.

De acordo com uma mesária que optou por não se identificar, a biometria acaba sendo um pouco mais demorado, pois às vezes o sistema não reconhece a digital do eleitor. Mas como apenas 10% do eleitorado já possui a biometria, a grande maioria não utilizará dessa tecnologia.

Os candidatos a prefeito Alexandro de Araújo, o Alex Tailândia (PRB), Professor André Luiz (Psol), Marcos Antonio (PSD) e Walter Caveanha (PTB), optaram por ir às urnas de manhã.

Sujeira eleitoral

A cidade amanheceu com um mar de santinhos e papéis de candidatos nas ruas, principalmente em frente aos colégios eleitorais. A região central aonde se concentra o maior número de seções foi onde pode ser visto o maior número de sujeira.

A grande preocupação com a maioria das pessoas ouvidas pela reportagem e a questão de acidentes, principalmente com pessoas idosas e com alguma deficiência de locomoção.

  

Comentários