Entrevista com o candidato a Prefeito: Fernando Capato

Na edição do jornal, desta quinta-feira (12), foi entrevistado o candidato ao cargo de Prefeito de Holambra, Fernando Henrique Capato. Natural de Cosmópolis, o candidato tem 33 anos, é empresário e atualmente ocupa o cargo de vice-prefeito da cidade. Foi eleito no ano de 2016, como vice do atual prefeito Dr. Fernando Fiori, que não pode tentar a reeleição. Fernando Capato tem contato com a vida política, desde os 5 anos, quando seu pai Celso Capato, foi eleito prefeito da cidade. Pela primeira vez, Fernando concorre ao cargo de prefeito, juntamente com o seu vice, o empresário Miguel Esperança (PSDB), de 58 anos. O PSD faz parte da coligação “Holambra: legado, futuro e esperança”, composta pelos partidos PSDB, PTB, MDB, PSD.

Jornal: Qual sua história de vida no que se refere a sua atuação social (relacionamento com comunidade em geral) quando e em que nível já esteve ou está dedicando a alguma ação de interesse público?

Fernando: Sou farmacêutico generalista por formação, empresário e vice-prefeito de Holambra, eleito pela primeira vez em 2016, com mais de 82% dos votos válidos em chapa liderada pelo prefeito Dr. Fernando. Meu convívio com a política começou ainda cedo, acompanhando os passos do meu pai, Celso Capato, que foi vereador por Artur Nogueira, durante o período de emancipação político-administrativa da nossa cidade e prefeito de Holambra por três mandatos.

Jornal: Quais as principais propostas da sua campanha eleitoral?

Fernando: Temos feito uma campanha limpa, de propostas e de diálogo com as pessoas nos bairros por toda a cidade. Sem ataques e mentiras. Sem promessas que não temos condições de cumprir. Elaboramos um plano de governo, com projetos possíveis e que encaram de frente os principais desafios de Holambra, como a construção de uma escola e uma nova creche no bairro Imigrantes e a busca de investimentos para construção de um novo Pronto Atendimento 24 horas, ampliando e fortalecendo a estrutura pública da saúde da cidade. Outros setores importantes, como segurança pública, geração de empregos e preservação hídrica e ambiental também compõem nosso programa de trabalho para fazer com que Holambra siga avançando nas mais diferentes áreas.

Jornal: Quais são as principais linhas programáticas do seu partido e seus valores éticos políticos?

Fernando: Acreditamos fortemente no trabalho e na boa política. Aquela que é feita para as pessoas e que tem um poder verdadeiramente transformador. Temos uma linha muito clara e objetiva de trabalho: colocar em prática nossas propostas, encarar de frente as dificuldades e resolver os problemas coletivos das pessoas e da cidade. Teremos um olhar permanentemente atento a temas prioritários como saúde, educação, segurança e geração de emprego e renda. Será preciso coragem, atitude e disposição para lidar com as dificuldades econômicas e de readaptação dos serviços geradas pela pandemia do novo coronavírus. E estamos prontos para fazer o que precisa ser feito.

Jornal: Caso eleito, como pretende contribuir para superar os graves problemas de segurança. abastecimento e transporte?

Fernando: Meu maior compromisso com as pessoas, é o trabalho. Vou trabalhar incansavelmente, do primeiro ao último dia de mandato para fazer o que precisa ser feito. Para colocar em prática nossos projetos, e fazer de Holambra uma cidade cada vez melhor para as pessoas. Temos o privilégio de viver em um município, que é referência na área de segurança pública. E vamos investir forte para preservar esses bons índices, a partir da ampliação do sistema de monitoramento, da aquisição de novas viaturas, da integração das forças policiais e do fortalecimento da nossa relação com o Governo do Estado. No setor de abastecimento, vamos enfrentar períodos como este, de grande estiagem, com a construção de novos reservatórios e a ampliação do represamento, começando pelo fim da captação direta no Lago do Holandês, que se tornará uma reserva hídrica para Holambra. O transporte público em nossa cidade é gratuito. E assim permanecerá em nosso governo. Investiremos, sempre que necessário, na renovação da frota para assegurar mais conforto e segurança aos usuários dos nossos coletivos.

Jornal: Como considera os servidores públicos, sem os quais não é possível administrar e que relação pretende ter com eles?

Fernando: O funcionalismo é essencial, para que consigamos oferecer serviços de qualidade à população nas mais diferentes áreas. É preciso valorizar o servidor público e oferecer a ele condições, espaço e equipamentos adequados para o trabalho. Assumimos o compromisso, de preservar a reposição salarial anual e trabalhar para melhorar os vencimentos e os benefícios concedidos a eles dentro dos limites legais e orçamentário da cidade. Quem respeita de verdade o funcionário, joga limpo. Não vende sonhos, que não serão concretizados.

Jornal: Como se posiciona em relação aos recorrentes escândalos nacionais de corrupção?

Fernando: A corrupção sistêmica é um grave problema, que prejudica fortemente nosso país, nossa gente, e que precisa ser permanentemente combatido pelas instituições públicas e pela sociedade civil.

Jornal: De onde vem os recursos da sua campanha?

Fernando: A campanha está sendo financiada por nós, candidatos, e por doações de pessoas que acreditam em nosso projeto e em nossas propostas para a cidade. Todo o recurso utilizado, bem como sua origem, pode ser acompanhado pelos eleitores através do site divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral.

Jornal: Caso seja eleito, como deseja administrar a cidade com a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus?

Fernando: Administrar uma cidade não é tarefa fácil. É um grande desafio. Sabemos que os impactos da pandemia, irão perdurar e que o processo de retomada, sobretudo econômica, será longo. Mas estamos prontos para lidar com as dificuldades, trabalhar duro e trazer soluções para problemas.

Jornal: Como foi feita a escolha de pré-candidato a Prefeito e Vice Prefeito por parte do partido/coligação? A escolha foi consensual?

Fernando: Nossa candidatura é resultado de uma decisão coletiva. Quem nos conhece, sabe da nossa relação de uma vida inteira com Holambra. Do nosso compromisso verdadeiro, com a cidade e com as pessoas. E somos muito gratos pela confiança do nosso grupo. Nossa grande motivação, é fazer com que sigamos avançando de forma ordenada enquanto município, gerando oportunidades e oferecendo qualidade de vida às pessoas. Temos um time forte de candidatos a vereadores, bom relacionamento junto ao Governo do Estado e o Governo Federal para buscar novos investimentos e estamos prontos e muito otimistas para fazer o que precisa ser feito.

Jornal: Se confirmada sua eleição, quais serão as propostas concretas para as políticas públicas mais importantes na cidade, os recursos e as maneiras de implementá-las?

Fernando: A Educação demandará atenção imediata e forte apoio do poder público para que possamos recuperar prejuízos ao ensino causados pela pandemia. O 1º passo, será o desenvolvimento de um plano de retomada nas áreas pedagógica e de estrutura, garantindo proteção a estudantes, familiares e profissionais. Vamos intensificar ações voltadas à alfabetização e criar a Empresa Amiga da Escola, programa de parcerias com a iniciativa privada que beneficiem a estrutura de ensino. Manteremos a distribuição de material e uniformes e criaremos um sistema de acompanhamento de notas e de presença, levando o desempenho escolar dos filhos para a palma da mão dos pais. A pandemia, além dos desafios de ordem sanitária, provocou grandes impactos no setor econômico. Fechou lojas, quebrou empresas e colocou muita gente na rua. Por essa razão, ampliaremos a oferta gratuita de cursos técnicos, profissionalizantes e de rápida aprendizagem nas mais diferentes áreas. Criaremos o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) em caráter imediato para intermediar a oferta e demanda de vagas de trabalho. E trabalharemos fortemente o incentivo ao empreendedorismo, já a partir da escola, reduzindo também a burocracia para formalização da atividade profissional. Vamos, ainda, criar incentivos para atração de novas empresas à cidade, permitindo a abertura de novas vagas que possam ser ocupadas pelo morador. Na área da saúde, vamos nos dedicar ao fortalecimento da atenção básica, como temos feito nos últimos anos. É nessa fase que 80% dos casos são resolvidos, seja pelo acompanhamento de rotina ou pelas ações de prevenção. Nesse sentido, pretendemos construir uma nova Unidade Básica de Saúde e um Pronto-Atendimento 24 horas, ampliando horários da Farmácia Municipal e disponibilizando plantão permanente na área de pediatria. Trabalharemos com prioridade ao cuidado das pessoas e à preservação da qualidade dos serviços oferecidos aos moradores nas mais diferentes áreas. O setor de infraestrutura, no entanto, será fortalecido por meio da ampliação do programa de pavimentação de estradas vicinais, da modernização do parque de iluminação pública dos bairros e de obras necessárias em departamentos-chave como saúde, educação e saneamento. São muitos os nossos projetos. E buscaremos os recursos necessários através do bom relacionamento com deputados, lideranças partidárias e junto ao Governo do Estado e o Governo Federal. Faremos uma administração forte, de respeito à nossa história, de preservação das nossas conquistas e de novos e importantes avanços para todos os moradores.

  

Comentários