Estudante coelhense é aprovada em Harvard

Ela passou por um processo seletivo que avalia o desempenho escolar desde o 9º ano

O sonho de estudar em Harvard, uma das maiores universidades do mundo, virou realidade para a coelhense Carolina Lindquist. Ela passou por um processo seletivo que avalia o nível de inglês do candidato, atividades extracurriculares e o desempenho escolar do 9ª ano do ensino fundamental até o médio, além de concorrer com outros 57 mil estudantes de diversos países.


O feito da estudante de 17 anos de Engenheiro Coelho foi desafiante. Harvard é conceituada como um dos maiores centros acadêmicos do mundo. Só neste processo seletivo foram mais mais de 57 mil candidatos concorrendo a 2,8 mil vagas. Ou seja, apenas 5% dos candidatos que concorrem a uma vaga consegue passar.

Para quem sonha em conseguir uma vaga em Harvard, a estudante coelhense da dicas importantes. “Se envolver fora da sala de aula com o que gosta, descobrindo suas paixões e ir aprendendo no processo. Entender o aprendizado como algo muito maior do que só ficar sentado na sala de aula”, orienta Carolina.

Carolina confessa que a maior dificuldade que enfrentou para alcançar a aprovação foi o Teste de Aptidão Escolar, que ela apelida de “Enem Americano”.  Nesse exame são exigidos conhecimentos de linguagens, interpretação de texto e matemática. Há também uma redação que varia de tema de acordo com a proposta da universidade.

Uma outra barreira foi entender todo o processo seletivo. As diferenças para conseguir uma vaga de estudante fora do país vão além das provas. A garota teve que passar por reuniões com avaliadores, reunir documentos acadêmicos desde o 9º ano do Ensino Fundamental e desenvolver atividades extracurriculares, consideradas relevantes pela Universidade Harvard.

“Além da prova, o mais difícil foi entender o processo e montar um perfil que fosse coerente. Saber como funciona para fazer bem cada etapa”, relata.

Carolina ainda não tem data para viajar para os Estados Unidos, mas está arrumando as malas para novos desafios

  

Comentários