fbpx

Fugindo do Inferno é exibido no Cinemateca

Nessa segunda-feira, 1º de junho, a Sessão de Cinema da Rádio Cultura FM – Cinemateca exibirá mais um grande clássico: “Fugindo do Inferno”, no horário habitual das 19h30.

“Fugindo do Inferno” foi o campeão de bilheteria em 1963

“Fugindo do Inferno” foi o campeão de bilheteria em 1963

O filme passa-se em 1943. Os alemães decidem transferir os prisioneiros de guerra militares, que têm maior incidência em tentativas de fugas, para o mesmo campo, que foi projetado para impedir qualquer tipo de evasão.

A história é uma adaptação feita por James Clavell e W.R. Burnett do livro de Paul Brickhill,” A Grande Fuga “. Brickhill tinha sido um prisioneiro no Stalag Luft III, durante a Segunda Guerra Mundial.

Apesar da advertência no início do filme de que “é uma história verídica, ainda que os personagens representem pessoas reais, e o tempo e lugares comprimidos, todos os detalhes da fuga são exatamente como ocorreram”.

O filme foi romanceado e apenas vagamente baseado no caso real. Muitos de seus personagens são fictícios ou uma mescla de vários personagens reais. O personagem de Roger Bartlett/Big X é baseado em Roger Bushell, um britânico nascido na África do Sul, Colin Blythe em Tim Walenn, o coronel von Luger no coronel Friedrich Wilhelm , Archibald Ives em Jimmy Kiddel, que foi morto a tiros enquanto tentava escalar o muro. O quantitativo de três fugitivos que obtiveram sucesso na fuga, realmente é verdadeiro.

Com muita habilidade, a fuga é narrada como nos velhos seriados do cinema com muito suspense. Diversão bastante movimentada que inclui a célebre sequência em que Steve McQueen  salta de motocicleta sobre uma cerca de arame farpado ,tentando fugir dos alemães.

No final do filme há a dedicatória “aos cinquenta” que morreram durante a fuga.

“Fugindo do Inferno” foi o campeão de bilheteria em 1963.

  

Comentários