fbpx

Guaçu supera meta de cura de tuberculose

Mogi Guaçu receberá o prêmio de qualidade das ações de controle da tuberculose, hoje (30), não só por alcançar, mas por superar a meta de 85% de cura proposta pela Secretaria de Estado da Saúde, para 2013, ao atingir o índice de 93,75%.

O percentual só não chegou a 100% porque, dos 16 casos de tuberculose pulmonar notificados pela Vigilância Epidemiológica de Mogi Guaçu no ano passado, um abandonou o tratamento e não foi mais localizado. Os outros 15 pacientes foram curados.

A premiação aos municípios que atingiram a meta será entregue durante o Fórum Estadual da Tuberculose, promovido pelo Centro de Vigilância Epidemiológica “Professor Alexandre Vranjac”, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo.

Duas funcionárias do Programa de Controle da Tuberculose da Vigilância Epidemiológica representarão a Secretaria de Saúde de Mogi Guaçu na solenidade. Na região, Itapira é a única outra cidade a atingir a meta de cura em 2013 e também será premiada.

Os critérios da premiação são a taxa de cura, o percentual de casos em tratamento supervisionado, a confirmação bacteriológica no diagnóstico, o controle baciloscópico do tratamento, meta, em porcentagem, de sintomáticos respiratórios e sistema de informação.

A secretária de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho, avalia que o prêmio é o reconhecimento de que as ações de controle e tratamento da doença estão sendo conduzidas corretamente e com elevado grau de eficiência.

  

Comentários