Handebol da EMEF “Maria Diva” é selecionada para Campeonato Sul-Americano na Colômbia

Iniciado em 2004, o Projeto Handebol da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Maria Diva Franco de Oliveira” pode ganha projeção internacional em 2017. A equipe da categoria Infantil foi selecionada pela Liga de Handebol do Estado de São Paulo (LHESP) para disputar o Campeonato Sul-americano em Medellín, na Colômbia, em dezembro.

A oportunidade surgiu porque a equipe venceu o campeonato da LHESP em 2016 quando ainda na categoria Mirim. Outras duas equipes, das cidades de Rio Claro e Valinhos, também foram selecionadas. Na semana passada, o presidente da LHESP, Rogério Aparecido Pinto, esteve em Mogi Guaçu para tratar do assunto com os pais dos jogadores, especialmente a questão do custo da viagem.

A reunião aconteceu na escola e contou com a participação da diretora da LHESP, Margarida Moreira Bertelli, e do professor Vicente Bortolocci, responsável pelo projeto. A diretora da EMEF, Rita Maria Ortiz de Campos Polito, e a professora Ana Paula Vilela, da Secretaria de Educação, também estavam presentes. Sete famílias compareceram, mas será preciso a adesão de, no mínimo, nove.

A estimativa do custo da viagem de sete dias é de aproximadamente R$ 3 mil por atleta, incluindo passagem, hospedagem e alimentação. A LHESP disponibiliza uniforme e uma bolsa personalizada por R$ 220,00. As famílias deixaram a reunião dispostas a se empenhar em buscar apoio para arcar com as despesas. Mas, como ainda faltou confirmar o interesse das demais, outro encontro ficou de ser marcado.

O Projeto Handebol da EMEF “Maria Diva Franco de Oliveira” se divide nas categorias Pré-Mirim e Mirim masculino e feminino, Infantil masculino e Cadete masculino, com atletas na faixa etária de 8 a 16 anos. As equipes já participaram de várias competições e conquistaram diversos troféus. Apenas as categorias Pré-Mirim e a Infantil feminino não disputam jogos da LHESP. Na escola, um painel ostenta em recortes de jornais o orgulho do trabalho bem sucedido.

Matéria: ASCOM

  

Comentários