Inscritos podem consultar convocados para vagas do Bolsa Trabalho

Por meio de publicação em Diário Oficial ou por telefone, prazo termina nesta sexta-feira (29)

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, em parceria com os municípios, está convocando os selecionados para assumir as vagas do Bolsa Trabalho e iniciar suas atividades. O chamamento está acontecendo via SMS nos números cadastrados durante a inscrição e publicação no Diário Oficial. Além disso, os inscritos podem checar se foram escolhidos pelo 0800 7979 800. O prazo para se apresentar é esta sexta-feira (29).

“Auxiliar as pessoas mais vulneráveis na requalificação e recolocação profissional é um dos focos da Secretaria de Desenvolvimento. Hoje o país tem inflação e taxa de juros elevadas e um ambiente macroeconômico que penalizam demais as pessoas e o mercado de trabalho. O Bolsa Trabalho é uma oportunidade para, não só ajudar financeiramente, como qualificar para o futuro”, comentou Zeina Latif, secretária de Desenvolvimento Econômico.

Por meio do 0800 será possível obter mais informações e confirmar o endereço de comparecimento. Os selecionados devem comparecer com os seguintes documentos:

a. Carteira de Identidade (RG);

b. Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);

c. Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);

d. Comprovante de residência.

Reformulado em 2021, o Bolsa Trabalho ofereceu 30 mil vagas no último ano. Em janeiro deste ano, o Governo de SP anunciou 150 mil vagas para 2022 com prioridade para mulheres. Para a maior expansão do Bolsa Trabalho na história, foram investidos mais de R$ 415 milhões. Os participantes recebem bolsa-auxílio de R$ 540 por até cinco meses para atividades laborais em órgãos públicos municipais e estaduais durante quatro horas diárias por cinco dias na semana, além de realizarem um curso de qualificação profissional.

Sobre a SDE

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico exerce papel fundamental para atrair investimentos ao Estado, fomentar o empreendedorismo com foco na geração de emprego e renda e incentivar a inovação tecnológica. Além disso, oferece qualificação profissional para atender as demandas atuais e futuras do mercado de trabalho.  Entre os principais programas da pasta destacam-se o Bolsa Trabalho, Bolsa Empreendedor, IdeiaGov, Banco do Povo, Empreenda Rápido e Minha Chance.  No total, são 11 órgãos vinculados à secretaria, como o Centro Paula Souza, Instituto de Pesquisas Tecnológicos (IPT), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Universidade de São Paulo (USP).

  

Comentários