International Paper reporta resultados do segundo trimestre de 2021

A International Paper (NYSE: IP) reportou seus resultados financeiros do segundo trimestre de 2021.

DESTAQUES DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2021

O lucro (perda) líquido do segundo trimestre reportado pela International Paper foi de USD 432 milhões (USD 1,09 por ação diluída), contra USD 349 milhões (USD 0,88 por ação diluída) no primeiro trimestre de 2021 e USD 266 milhões (USD 0,67 por ação diluída) no segundo trimestre de 2020.

• O lucro operacional ajustado* (não-GAAP) do segundo trimestre foi de USD 421 milhões (USD 1,06 por ação diluída), contra USD 299 milhões (USD 0,76 por ação diluída) no primeiro trimestre de 2021 e USD 305 milhões (SD 0,77 por ação diluída) no segundo trimestre de 2020. O lucro líquido e o lucro operacional ajustado* do primeiro trimestre de 2021 incluem um impacto nos resultados antes de impostos de USD 80 milhões (USD 0,15 por ação diluída) relacionado às tempestades de inverno nos EUA.

• O caixa gerado por operações atingiu USD 766 milhões no segundo trimestre e USD 1,3 bilhão no acumulado do ano, contra USD 1,5 bilhão no acumulado do mesmo período de 2020.

• Os ganhos de equity da Ilim atingiram USD 101 milhões, acumulando USD 150 milhões no ano.

• A recompra de ações chegou a $ 57 milhões, acumulando USD 186 milhões no ano.

• A redução da dívida foi de USD 796 milhões, acumulando USD 904 milhões no ano.

• O investimento remanescente na Graphic Packaging foi monetizado em, aproximadamente, USD 400 milhões.

“A International Paper apresentou sólido crescimento de resultados e forte geração de caixa no segundo trimestre”, afirmou o presidente do Conselho e diretor executivo Mark Sutton. “Comercialmente, alcançamos um forte crescimento de receita, enquanto performamos bem em uma cadeia de suprimentos muito desafiadora e em um ambiente de custo de insumos. Projetando o terceiro trimestre, esperamos que a demanda permaneça forte e as margens se expandam significativamente, à medida que a realização de movimentos de preços anteriores supera os custos de insumos e transporte e deixamos para trás um trimestre de muitas paralisações para manutenção”. Sutton acrescentou: “continuamos a progredir satisfatoriamente no separação do nosso negócio de papéis, que esperamos concluir em 1º de outubro. Nossa equipe está fazendo um excelente trabalho no gerenciamento da complexidade desse processo. Agradeço o comprometimento de todos em atuar e cuidar uns dos outros e de nossos clientes, enquanto trabalhamos juntos para construir uma IP melhor”.

Os lucros operacionais (perdas) do negócio de Embalagens Industriais atingiram USD 408 milhões no segundo trimestre de 2021, contra USD 447 milhões no primeiro trimestre do ano. Na América do Norte, os preços de venda mais altos de caixas e papelão de exportação foram mais do que compensados por maiores despesas planejadas com paralisações para manutenção e custos de insumos, principalmente impulsionados por maiores custos de fibra recuperada e produtos químicos. Os custos operacionais foram impactados por estoques de papelão gravemente baixos e um ambiente de transporte adverso. Na Europa, os ganhos foram menores, refletindo volumes sazonalmente mais baixos no Marrocos e margens de vendas médias mais baixas, impulsionadas por custos mais altos do papelão para embalagens.

Os lucros operacionais (perdas) do negócio de Fibras de Celulose Global ficaram em USD 10 milhões no segundo trimestre de 2021, contra USD 82 milhões no primeiro trimestre do ano. Os resultados sofreram melhora significativa, impulsionados por preços médios de venda mais altos e menores despesas com paralisações planejadas para manutenção, ligeiramente neutralizados por custos mais altos de distribuição.

Os lucros operacionais (perdas) do negócio de Papéis para Imprimir e Escrever chegaram a USD 76 milhões no segundo trimestre de 2021, contra USD 80 milhões no primeiro trimestre do ano. Na América do Norte, preços médios de venda mais altos, volumes maiores e tempo de inatividade econômica menores foram neutralizados, principalmente, por altas despesas com paralisações para manutenção planejadas.

No Brasil, os resultados mantiveram-se estáveis, pois os preços médios de venda mais altos e uma melhor combinação geográfica foram neutralizados por custos de insumos mais altos e a não repetição de impactos cambiais favoráveis. Na Europa e na Rússia, os resultados chegaram a um menor patamar, pois os preços médios de venda mais altos e os custos mais baixos devido ao tempo de inatividade econômica foram mais do que neutralizados por despesas mais altas com paralisações de manutenção planejadas. O negócio de Papéis para Imprimir e Escrever vem apresentando impulso no que tange ao desempenho do primeiro semestre de 2021, conforme nos aproximamos do spin-off, em 1º de outubro de 2021.

MÉTODO DE INVESTIMENTOS DE EQUITY

Os ganhos (perda) de equity da joint venture Ilim ficaram em USD 101 milhões no segundo trimestre de 2021, contra USD 49 milhões no primeiro trimestre do ano. Operacionalmente, os ganhos aumentaram, impulsionados pelos preços mais altos de exportação e vendas domésticas de celulose de fibra longa, celulose de fibra curta e papel para embalagens, bem como maiores volumes de vendas. Esses benefícios foram parcialmente neutralizados por maiores custos de distribuição, insumos e operacionais.

Os ganhos (perda) de equity da Graphic Packaging ficaram em USD 3 milhões no segundo trimestre de 2021, contra USD 1 milhão no primeiro trimestre do ano. Monetizamos nossa posição acionária remanescente no segundo trimestre de 2021.

DESPESAS CORPORATIVAS

As despesas corporativas atingiram USD 7 milhões no segundo trimestre de 2021, contra USD 25 milhões no primeiro trimestre do ano.

WEBCAST DE LUCROS

A empresa realizou hoje um webcast para discutir os lucros e as condições atuais do mercado. Um replay somente do áudio estará disponível por 90 dias após a chamada.  Para acessar o replay, disque +1 (404) 537-3406. Quando for solicitado o ID da conferência, digite 7853629.

Sobre a International Paper

A International Paper (NYSE: IP) é líder mundial na fabricação de celulose, papel e embalagens à base de fibras renováveis. Com operações na América do Norte, América Latina, Europa, África do Norte, Índia e Rússia, a IP produz embalagens de papelão ondulado que protegem e promovem produtos e permitem o comércio mundial; celulose para fraldas, tecidos e outros produtos de higiene pessoal que promovem saúde e bem-estar; e papéis que facilitam a educação e a comunicação. Com sede em Memphis, Tennessee, a empresa emprega mais de 48 mil pessoas, atendendo mais de 25 mil clientes, em 150 países. As vendas em 2020 foram de US$ 21 bilhões.

No Brasil, a IP atua nos negócios de papéis para imprimir e escrever, empregando mais de 3 mil profissionais.

O sistema integrado de produção de papel para imprimir e escrever da International Paper no Brasil é composto por três fábricas: duas no Estado de São Paulo e uma no Mato Grosso do Sul. Seus produtos, as linhas de papéis para imprimir e escrever Chamex e Chamequinho e a linha gráfica de papéis Chambril, são 100% produzidos a partir de cultivos de eucalipto certificados.

Para saber mais sobre a International Paper, seus produtos e seu compromisso com a sustentabilidade, acesse: www.internationalpaper.com/pt.

  

Comentários