Jaguariúna terá hospital de campanha e ampliará em 69% a quantidade de leitos

A Prefeitura de Jaguariúna vai ampliar em 69% o número de leitos hospitalares públicos na cidade, para atender ao aumento da demanda provocado pela disseminação do coronavírus. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) – que voltou a funcionar 24h por dia – terá um hospital de campanha e o Hospital Municipal “Walter Ferrari” terá sua capacidade de leitos aumentada. O total de leitos, somadas as duas unidades de saúde, subirá de 93 para 157.

O hospital de campanha será construído na parte de trás da UPA e vai aumentar em quase 200% a capacidade de leitos da unidade, que passará dos atuais 15 para 44 leitos de observação. Já o projeto para o hospital municipal prevê o aumento de 78 para 113 vagas em leitos clínicos e pediátricos (aumento de 45%).

“Iremos criar uma nova estrutura atrás da UPA para atendimento das síndromes gripais e casos de Covid-19. Essa nova estrutura será uma unidade de campanha. Isso independente da estrutura da UPA, que manterá seu atendimento 24h a toda a população, exceto síndromes gripais”, explica a secretária municipal de Saúde, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.
A medida visa preparar a cidade para um possível aumento da demanda por leitos hospitalares, com a expansão dos casos de contaminação pela Covid-19.

 

  

Comentários