Mais da metade da obra do tratamento de esgoto dos Ypês já foi executada

O SAMAE (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) calcula que 60% da obra de construção da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) da Bacia dos Ypês já foram executados. A estimativa é do superintendente Elias Fernandes de Carvalho.

A construção do primeiro módulo está mais adiantada porque começou a ser executada bem antes do segundo módulo. Em valores totais, o SAMAE está investindo quase R$ 25 milhões na obra.

O investimento no primeiro módulo é de aproximadamente R$ 9 milhões, somados R$ 4 milhões financiados pela Caixa Econômica Federal e R$ 5 milhões em recursos próprios da autarquia.

Para o segundo módulo, o SAMAE obteve R$ 15,4 milhões junto à Secretaria Nacional de Saneamento, através do Ministério das Cidades, a título de fundo perdido, isto é, que não precisa ser devolvido.

A ETE dos Ypês foi projetada para tratar esgoto de uma população estimada em 60 mil moradores dos bairros da zona Norte, mas com capacidade de atender demanda de 100 mil habitantes no futuro.

 


Comentários