fbpx

Mais de 700 profissionais de educação participam de formação socioemocional

Vivemos um dos momentos mais críticos de nossos tempos. Neste cenário de pandemia, a Educação também sofre, com as incertezas que cercam o retorno de uma atividade fundamental para a formação do nosso futuro, ou seja, de nossas crianças. E que reúne alguns dos ofícios que integram os pilares de uma sociedade mais capacitada e justa.

A Secretaria de Educação (Seduc) segue trabalhando no intuito de efetuar a retomada das aulas presenciais, respeitando a necessidade de plena segurança sanitária para todos os lados envolvidos. O contexto atual da pandemia de Covid-19 não indica que o momento seja agora, mas isto não impede que sigamos cuidando do nosso quadro pedagógico para que ele esteja em plenas condições de atender nossos estudantes.

Na última semana, entre os dias 24 e 26 de fevereiro, a Seduc promoveu uma atividade de formação com o tema “Competências Socioemocionais no Contexto da Pandemia”. O objetivo foi proporcionar uma preparação socioemocional pensando no retorno dos servidores às atividades das escolas da rede municipal, independente do formato remoto ou presencial.

A organização foi do Senac de Mogi Guaçu e atendeu as várias faces da equipe pedagógica. Participaram da formação educadores, professores de primeira infância, auxiliares de creche, PEBs (professores de educação básica), professores específicos, professores de apoio, professores de educação especial, educadores de ações pedagógicas, diretores, vice-diretores, coordenadores e a equipe da Seduc.

Foram 746 participantes no primeiro dia de capacitação, 730 no segundo e 698 no terceiro. Os encontros aconteceram de forma online, nas unidades escolares, em locais amplos, evitando a aglomeração. “Somos mães, somos avós e compreendemos o momento delicado pelo qual a Educação passa com este cenário de pandemia. Queremos que o nosso corpo pedagógico esteja respaldado para a retomada das atividades, afinal, acima de profissionais, são humanos. E é fundamental que eles estejam preparados em todos os aspectos, incluindo o socioemocional, para atender aos nossos alunos nesta época tão peculiar pela qual a nossa Educação passa”, frisou a secretária de Educação, Ana Lúcia Bueno Peruchi.

  

Comentários