Novo comandante da PM visita prefeito e propõe ampliar trabalho conjunto em Jaguariúna

O novo comandante do Pelotão da Polícia Militar de Jaguariúna, Sub-Tenente PM Norder (Wendell Norder Rocha), esteve no gabinete do prefeito Gustavo Reis na manhã desta quinta-feira (22/11) e falou de alguns de seus planos de trabalho no município, colocando-se à disposição para ampliar ações preventivas e treinamentos conjuntos com a Polícia Municipal (ex-GM), que ele considera importante parceira no combate à criminalidade.

Policial experiente, com passagens pela Força Tática da PM de Mogi Mirim e pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) de Campinas, o oficial revelou que moradores de dois bairros de Jaguariúna – Jardim Europa e Sílvio Rinaldi – participam do projeto-piloto “Vizinhança Solidária”, que busca integrar a população como apoio, aumentando a eficiência das forças de segurança no policiamento preventivo.

Nessas duas comunidades, conforme o oficial, 155 residências participam do Vizinhança Solidária e já colheram ótimos resultados. “Em menos de dois meses conseguimos reduzir em 75% os furtos a residências, pois tinham sido registrados quatro casos em outubro e registramos apenas um em novembro”, revela Norder. A estatística agradou ao prefeito, que colocou a administração à disposição para colaborar no que for necessário.

“Não só temos interesse em colaborar como fazemos o melhor para que a população desfrute da segurança necessária. Vamos acompanhar a ampliação do Vizinhança Solidária e ampliar a parceria por meio da participação da Polícia Municipal em treinamentos e ações conjuntas, com certeza”, disse o prefeito.

De acordo com o novo comandante da PM em Jaguariúna, o Vizinhança Solidária “é um sistema simples, onde todo morador ajuda na vigilância das ruas e residências ao avisar a Polícia Militar ou as demais forças que atuam na segurança pública, no caso a Polícia Civil ou a Polícia Municipal, ao perceber alguma movimentação suspeita ou fora de hora. Isso já existe em cidades maiores, como Campinas, por exemplo, e vem dando ótimos resultados”, garante o oficial.

Segundo o Sub-Tenente PM Norder, a PM de Jaguariúna já utiliza armas longas (fuzis) e escudos balísticos, equipamentos que tornam o combate à criminalidade mais eficaz. Em cidades onde a Polícia Militar dispõe desse tipo de equipamento, a possibilidade de quadrilhas organizadas atacarem bancos e caixas eletrônicos, por exemplo, é menor.

Fotos: Samuel Oliveira

  

Comentários