OAB SP integra movimento da ONU que reúne empresas comprometidas em ter 50% de pessoas negras em posição de liderança até 2030

A Ordem dos Advogados do Brasil seção São Paulo (OAB SP) acaba de integrar o “Movimento Raça é Prioridade”, iniciativa da Rede Brasil do Pacto Global das Nações Unidas no país, em parceria com o Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT) e a ONU Mulheres, que tem o objetivo de ter 1500 empresas comprometidas em empregar 50% de pessoas negras em posição de liderança até 2030.

É a primeira vez que a Secional paulista participa de uma ação com foco em equidade racial no trabalho. A iniciativa foi fomentada pela Comissão Permanente de Igualdade Racial, que tem Irapuã Santana como presidente.

Desde que assumiu, em janeiro de 2022, a nova gestão da OAB SP tem desenvolvido projetos de igualdade racial e diversidade. Em maio, foi promovida uma formação antirracista aos seus dirigentes, com o intuito de promover a erradicação do racismo na entidade, por meio da educação. Esse curso estabeleceu um novo paradigma dentro da Secional, uma vez que as políticas de combate à desigualdade racial, incluindo as temáticas de inclusão e diversidade, são um eixo norteador e transversal da gestão, que estão sendo aplicadas em todas as esferas da Ordem.

  

Comentários