fbpx

Onça-parda empalhada é apresentada e já está exposta em Itapira

Durante o evento realizado na noite da última quarta-feira, dia 15 de junho, na Casa da Cultura ‘João Torrecilas Filho’, foi apresentada a onça-parda empalhada que foi atropelada no início do mês de março em Itapira.

Um grupo de pouco mais de 20 pessoas marcou presença e acompanhou a palestra da zootecnista Márcia Rodrigues, que falou especificamente dos casos de atropelamentos de onças na região e também abordou o conceito do Programa Corredor das Onças. Ao lado do palco estava a onça parda macho de 54 quilos já preparada para a exposição. “Foi muito interessante e educativo”, resumiu o responsável pelo museu, José Carlos Simão Cardoso Júnior.

O animal, de aproximadamente 1,80 metros do focinho ao final da cauda, foi atropelado na madrugada do dia 3 de março na rodovia SP-352 (Itapira-Jacutinga), nas proximidades do Distrito Industrial “Hermelindo Ruette de Oliveira”, e morreu imediatamente. Equipes do DPBEA (Divisão de Proteção e Bem Estar Animal) e do Corredor das Onças fizeram a retirada do corpo do animal e encaminharam o mesmo para estudos junto ao Museu de História Natural.

Conforme adiantou Simão Cardoso Júnior, a próxima etapa dos estudos é a preparação do esqueleto do animal, com limpeza e montagem dos ossos para posterior exibição. “Creio que em aproximadamente um mês esteja tudo finalizado e exposto. Quanto à onça, fizemos uma exposição especial para ela, junto com outra menor que já tínhamos aqui, que foi atropelada em São João da Boa Vista, e um gato do mato, que veio de um museu do Rio de Janeiro”, afirmou.

O Museu de História Natural de Itapira fica à Rua Ribeiro de Barros, 62, Centro. O horário de funcionamento é de segunda à sexta das 08h00 às 11h20 e das 13h00 às 17h20. Aos domingos das 8h30 às 11h30. Agendamentos de visitas escolares e de grupos podem ser feitos pelo telefone (19) 3843-4317.

Matéria: Prefeitura de Itapira

Onça-atropelada-02---Março-2016-DPBEA

  

Comentários