Orquestra Rock e Dinho Ouro Preto gravam vídeos com músicas em prol do Centro Infantil Boldrini

Com o cenário de incertezas que vivemos com a pandemia do novo coronavírus, o tradicional show da Orquestra Rock que beneficia o Centro Infantil Boldrini, hospital referência no tratamento de crianças e adolescentes com câncer e doenças do sangue, não tem uma data confirmada para acontecer. Mas para não deixar de beneficiar o hospital, os músicos da Orquestra Rock convidaram o cantor Dinho Ouro Preto, vocalista da Banda Capital Inicial, que já se apresentou outras vezes no projeto Arte do Bem, para uma ação pra lá de especial: produzir dois vídeos com músicas para estimular as doações para o Centro Infantil Boldrini.
Ao assistir os vídeos, o público pode efetuar doações ao hospital através do uso do QR Code. Basta baixar o aplicativo Pic Pay (www.picpay.com ) e fazer o cadastro. Durante a exibição do vídeo, é só abrir o aplicativo e apontar a câmera do celular na direção do QR Code para a leitura do código e doar a quantia desejada.

“Em tempos de pandemia, as pessoas estão precisando de cultura e entretenimento e o Boldrini está precisando de doações. É preciso ter um olhar humano neste difícil período que vivemos e pensar além das questões da pandemia, pois as crianças precisam de nós. O Boldrini não pode diminuir e muito menos parar o seu trabalho”, comenta Vitor Lima, produtor artístico da Articular, responsável pela Orquestra Rock.

Pensando na inclusão da comunidade surda no público da Orquestra Rock também nas apresentações digitais, os tradutores de libras Maurício Gut e Letícia Navero, que são parte das apresentações ao vivo e já chegaram a traduzir para um púbico de 200 pessoas da comunidade surda num dos shows, fazer seu trabalho de tradução também nos vídeos gravados em prol do Centro Infantil Boldrini. Todos os profissionais envolvidos na gravação dos vídeos não cobraram pelo seu trabalho, portanto a ação é 100% beneficente.

A parceria entre a Orquestra Rock e o Boldrini já existe desde 2015. Artistas como Jota Quest, Skank, Barão Vermelho, Paralamas do Sucesso, Blitz, Ira, Lulu Santos, CPM22 e o próprio Capital Inicial já tocaram nas edições ao vivo da Orquestra Rock. Formada por músicos que integram Sinfônicas de diversas cidades da região de Campinas e também da Unicamp, a Orquestra Rock tem o perfil voltado para o estilo que conquistou o mundo a partir da década de 50. De formação clássica, a Orquestra Rock reúne cordas, instrumentos de sopro de madeiras e metais, completada com naipe de saxofones e também seção rítmica power, a qual inclui guitarra, baixo elétrico, piano, bateria e percussão popular.

Os vídeos gravados pela Orquestra Rock para beneficiar o Centro Infantil Boldrini podem ser conferidos nos seguintes links:

 

Doações para o Centro Infantil Boldrini:

Além das doações para o hospital por meio do QR Code através do PIc Pay, o hospital também recebe doações através dos canais mais tradicionais: depósito bancário (Centro Infantil Boldrini – Banco do Brasil – AG: 3360-X – C/C: 3366-9 – CNPJ: 50.046.887/0001-27) ou através do site do hospital: boldrini.org.br/doacoes

Sobre o Centro Infantil Boldrini

Centro Infantil Boldrini ? maior hospital especializado na América Latina, localizado em Campinas, que há 42 anos atua no cuidado a crianças e adolescentes com câncer e doenças do sangue. Atualmente, o Boldrini trata cerca de 10 mil pacientes de diversas cidades brasileiras e alguns de países da América Latina, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Um dos centros mais avançados do país, o Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, comparáveis ao Primeiro Mundo, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças. www.boldrini.org.br

  

Comentários