Palestra instrui sobre desenvolvimento de atrativos turísticos

Ministrada na segunda-feira, dia 22 de maio, pelo Escritório Regional do Sebrae de São João da Boa Vista, a palestra ‘Desenvolvimento de Atrativos Turísticos’, reuniu um público de diferentes segmentos turísticos do município. O encontro ocorreu na Casa da Cultura e foi aberto ao público.

Thalita de Padua Medeiros, do Sebrae, deu início à capacitação falando sobre o desenvolvimento dos atrativos turísticos e explicou como os empreendedores podem explorar um atrativo, que vai desde à formatação do local com a estruturação necessária e de como ‘vendê-lo’ ao turista. “De um modo geral, ela explicou o que são atrativos turísticos in natura e como os empreendedores podem explorá-lo”, explicou Wanella Bitencourt, responsável pelo Turismo na Secretaria de Cultura e Turismo.

Para exemplificar, o escritório trouxe o caso da empreendedora Angela Fagan, da Angela Fagan Frutas Selecionadas, de Casa Branca (SP). Ela contou ao público sua experiência em deixar de ser uma simples fornecedora de jabuticaba para se tornar uma empreendedora de sucesso ouvindo seus clientes e criando diferentes atrativos turísticos em sua propriedade, que hoje conta com degustação de jabuticaba, restaurante, área de descanso, tanque de pesca e venda de produtos derivados da fruta. “Seu exemplo deixou bem claro como a área rural tem um grande potencial a ser explorado. Ela também falou da importância de ouvir o cliente para que o empreendimento atenda a diferentes necessidades”, completou Wanella.

Ao término da reunião, Sylvio Carrera Lucchesi, do Sebrae, apresentou uma Trilha de Capacitação de Gestão Empresarial ofertada pelo escritório que contempla seis capacitações sobre diferentes assuntos voltadas às pessoas físicas e jurídicas: Começar Bem: Empreendedorismo; Oficina Fluxo de Caixa; Como montar uma página no Facebook; Oficina Atendimento ao Cliente; Palestra MKT de Experiência; e Palestra Como Criar e Manter sua Equipe Motivada.

Os cursos apenas acontecerão mediante formação de turma mínima de 15 pessoas e, inicialmente, as vagas serão priorizadas para os aderentes do Protur (Programa de Desenvolvimento Turístico de Itapira). Para alguns temas há um investimento que pode ser parcelado. Mais informações e inscrições pelo email turismo@itapira.sp.gov.br.

Matéria: ASCOM

  

Comentários