fbpx

Possense participa do programa “Esquenta”

Carlos Eduardo do Santo Silva, popularmente conhecido como Cadu, de 22 anos é um morador da cidade de Santo Antonio de Posse. Ele poderia ser apenas mais um menino da idade dele que curte coisas da idade dele e faz coisas que meninos da idade dele fazem, mas não. Cadu tem uma visão de vida completamente diferente. Durante alguns anos ele viu sua vida ser colocada a prova por uma doença cruel e agressiva. Em 2009, ele descobriu que tinha um rabdomiossarcoma na região do joelho. Esta condição imposta pela vida poderia ter feito com que Cadu desistisse de seus sonhos e seus ideais, mas não foi bem isso que aconteceu.

Cadu com a apresentadora Regina Casé

Cadu com a apresentadora Regina Casé

“Eu sempre gostei de trabalhar com música, eu sempre amei a música, ela sempre esteve presente na minha vida, tanto em momentos bons quanto ruins”, diz ele. A força de vontade e o dom do canto fez com que Cadu olhasse a vida por uma nova perspectiva. “Neste ano, logo que eu descobri o meu problema, eu ingressei no projeto Guri e no coral da igreja”, conta ele. Sua vontade de ser um cantor conhecido tinha apenas começado, pois o futuro seria bondoso e traria grandes coisas para ele. No mesmo ano Cadu descobria que havia se curado do seu câncer, mas que a luta seria constante, uma vez que a doença é silenciosa.

“No ano de 2011 eu descobri que o tumor havia voltado, foi um grande choque, mas não desisti, porque já me curei uma vez e não vou cair neste novamente”, relata. A paixão pela música e pelos instrumentos musicais foi uma válvula de escape para que ele não se deixasse levar pela doença. Neste momento, Cadu tinha uma banda chamada “Colier” e já colhia os frutos do seu talento, fazendo shows em diversos lugares. O estopim do seu sucesso começou quando a Fundação Make a Wish, uma instituição internacional que realiza sonhos de crianças e adolescentes que tem a vida comprometida por uma doença, entrou em sua vida. “Meu sonho era ganhar um violoncello, mas eu não sabia que a fundação me preparava tantas coisas boas”, conta.

Sua passagem pela fundação foi recheada de histórias emocionantes. Carlos Eduardo foi para a Europa cantar com diversos cantores de renome. Lá ele foi convidado para cantar com a vencedor do reality show “The Voice of Belgica” e se apresentar para milhares de pessoas em um evento promovido pela instituição. Além disso tudo, a Make a Wish realizou mais um sonho do garoto, o de conhecer Londres. “Lá eu me realizei como pessoa e como profissional, tudo o que eu vivi lá me fez bem mais forte”, conta.

Como nem tudo são flores, Cadu descobriu em 2014 mais uma recidiva de sua doença. Desta vez o caso foi mais sério e chegou a um ponto dramático de sua vida. O tumor estava no mesmo local, mas a quimioterapia já não fazia mais efeito. Uma operação seria necessária, mas as chances de ele perder os movimentos da perna eram grandes. “Nada disso me abalou, eu cheguei a pensar em desistir de tudo, mas ao ver como a vida tem sido boa comigo durante todos esses anos e ter a fundação ao meu lado, eu desisti de desistir”, relata.

Com todo esse histórico, não é de se espantar que Cadu seja uma celebridade em um lugar onde viveu por tanto tempo. A produção do programa “Esquenta” da Rede Globo, apresentado por Regina Casé, quis gravar uma edição dentro do Hospital do Câncer Infantil “Boldrini”. Imediatamente Cadu foi contatado e sua presença foi confirmada. “A gravação foi uma das coisas mais surreais que aconteceu na minha vida, cantar com Arlindo Cruz, Mumuzinho e ainda ser entrevistado pela Regina Casé é algo que todo artista quer”, diz. O programa gravado com o garoto ainda não tem previsão de ir ao ar, mas tudo indica que seja uma edição especial de Dia das Crianças e será exibido próximo ao dia 12 de Outubro.

Questionado sobre como ele avalia esse seu tempo de carreira, Cadu é enfático. “A doença me abriu portas e me fez perceber outras coisas, me fez ver quem realmente estava do meu lado, além de me proporcionar experiências que, sozinho, nunca conseguiria”, finaliza. O jovem cantor tem uma longa carreira a ser seguida, e hoje, com a saúde em dia já se vê em um futuro brilhante. Ele quer um grande palco, uma grande multidão e um microfone onde ele possa dizer o quão dura foi sua jornada, mas que ele ainda está aqui e tem muito a conquistar.

  

Comentários