PRA CURAR FERIDA

Seja como for a vida. Siga consciente a hipocrisia muitas vezes se tornam o gesto da verdade. Mas não se comova. 

Se abstenha da opinião mesmo por que nunca foi ouvido.

Recrie sua vida, adote novas pessoas que possam substituir a imaginação da própria felicidade.

Mas que acima de tudo as lágrimas nunca trarão o que se foi.

Abra os braços e deslize sobre a imaginação a própria criação de um mundo novo. 

E jamais se deixe ouvir que foi ausente. Não se permita a culpa, nem procure a justiça certa por que continuarão dizendo que você se fez de vítima. Mas tenha a certeza de tudo que fez e o quanto já se manifestou com carinho.

Que os filhos tenham a felicidade plena de serem felizes com as pessoas que os acompanharem.

E que se um dia se formar uma família entendam que sentimentos mudam, visões são diferenciadas.

Mas que acima.de tudo sempre existiu a figura de pai. 

Que as famílias sejam felizes pois no quebra cabeça da vida e como jogo de damas ou xadrez eles escolhem como querem jogar. 

Que o presente da vida seja a eternidade da Felicidade da maneira e forma como cada qual se sentiu muito mais evolutivo. 

Que deixem com que o desprezo ou desigualdade venha novamente mostra-se de maneira disfarçada mais que é prioridade no dia a dia.

Sorria comece a sorrir novamente com o pouco que te sobrou. Por que sim existe alguém, sim que te considera, que te acha o cara, e que ainda te ama.

No silêncio da vida o melhor é a palavra muda. 

O gesto imperfeito do movimento por que na vida a curva é mais na frente.

Que haja início porque todo fim é certo. 

Mas o recomeço muda e alivia o rumo da história.

Não fale da dor nem diga da angústia, simplesmente sorria por que é como o remédio que se toma ao longo do tempo pra curar uma ferida.

 

 

Edson Rufo – Palestrante/Terapeutaedsonrufo

Facebook 

  

Comentários