fbpx

Prefeitura de Amparo e CPFL firmam parceira para o plantio de cinco mil mudas

O prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob e a CPFL Paulista assinaram na segunda-feira, dia 27 de junho, um termo de compromisso para a revitalização urbana por meio de um projeto de arborização mais segura. Nessa primeira fase do projeto, árvores serão substituídas seguindo o inventário realizado pela secretaria municipal de Infraestrutura e Serviços. O início dos trabalhos é previsto para o mês de julho, em conjunto com a distribuidora e a administração municipal.

A médio e longo prazo, cinco mil mudas de árvores serão plantadas em Amparo. A queda de galhos e de árvores que atingem a rede elétrica representa 2/3 do tempo em que o cliente da CPFL Paulista fica sem energia. “No período chuvoso, a concentração de ocorrências na rede de distribuição causadas pela queda de galhos de árvores é maior, já que o vento forte colabora para esse tipo de situação. Em Amparo, a companhia 441 interrupções do serviço devido a danos causados à fiação, em 2015”, ressaltou o presidente da CPFL Paulista, Carlos Zamboni Neto.

Além do compromisso de realizar a substituição das árvores e o plantio de novas mudas, a CPFL Paulista e a Prefeitura de Amparo darão início a um programa de educação ambiental nas escolas municipais. Uma cartilha educacional foi elaborada para que os professores transmitam, em sala de aula, os principais cuidados para o plantio adequado de árvores. O material também será distribuído em pontos da cidade para disseminar as informações para toda a população.

Outro acordo firmado, que consiste na segunda fase da parceria, são as podas de árvores existentes na cidade. A CPFL Paulista desenvolve um programa focado na convivência harmoniosa entre a rede de energia elétrica e arborização urbana, e realizará somente podas emergenciais para evitar riscos de danos à rede elétrica e que possam comprometer a segurança da população. Em Amparo, a CPFL Paulista atende 29.213 consumidores.

“Durante a nossa administração já plantamos mais de 57 mil mudas na Zona Rural e área urbana. Implantamos projetos importantes como o Viveiro e o Dedinho Verde, que são desenvolvidos no Parque Ecológico e beneficiam crianças que desde pequenos têm o contato com o Meio Ambiente, e a população em geral, com mudas que produzimos. Além disso, não queremos cortar uma árvore se quer. As que tiveram que cortadas tiveram laudos que comprovaram sua morte ou doença que a prejudicasse”, disse o prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob.

Matéria: Moisés de Camargo

  

Comentários