Prefeitura e CMDCA capacitam conselheiros sobre direitos e proteção de crianças e adolescentes em Jaguariúna

“Sou Conselheiro. E agora?”. Essa é uma pergunta que os 14 eleitos para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Jaguariúna se fazem ao encarar o desafio de atuar em defesa dos direitos desse segmento na sociedade em que vivem.

O CMDCA é paritário e conta com metade dos integrantes eleitos pelo Poder Público (Prefeitura) e outros 50% oriundos de entidades representativas que atuam na sociedade civil.

Para esclarecer essas e outras perguntas, a fim de facilitar a interação com outros órgãos e entidades que atuam no setor, a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura e o CMDCA de Jaguariúna organizaram na manhã desta quarta-feira (07/11) uma capacitação para todos os conselheiros em atividade.

Conforme a secretária de Assistência Social, Andréa Dias Lizun, a capacitação reúne todos os conselheiros – novos e antigos. O objetivo, segundo ela, é dar os subsídios necessários para que possam fazer um diagnóstico da situação de crianças em adolescentes em relação à política municipal voltada para este segmento em Jaguariúna.

“Isso passa pela atuação do conselheiro e inclui os relacionamentos com órgãos como o Conselho Tutelar, por exemplo, que pode ajudar a potencializar os efeitos do trabalho desenvolvido pelos integrantes do CMDCA e até da Secretaria de Assistência Social, pois trabalhamos em conjunto, explica.

O treinamento durou o dia todo e foi conduzida pela capacitadora Leila Maria Ramos, assistente social e pedagoga da Apoio Plus Consultoria & Serviços Administrativos, empresa com sede em Mogi Mirim, que distribuiu uma apostila a todos os participantes.

De acordo com a presidente do CMDCA, Patrícia Magalhães Figueiredo, foi a parceria com a Prefeitura que proporcionou a capacitação, que aconteceu no auditório do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social.

  

Comentários