Primeira Faculdade das Flores do Brasil é lançada em Holambra

Na quarta-feira, dia 21 de junho, foi inaugurada em Holambra a primeira Faculdade das Flores do Brasil, a FAAGROH – Faculdade de Agronegócios de Holambra. O evento que foi realizado nas dependências da Explofora, teve como palco de seu lançamento a HORTITEC – Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, sendo essa, a maior feira da América Latina.

Iniciativa de inovação e única no Brasil, a FAAGROH é fruto da parceria firmada entre o Centro Universitário de Jaguariúna – UNIFAJ com a Prefeitura de Holambra. Contando com campus totalmente diferenciado e original, a instituição nasce do esforço e sonho de seus idealizadores de trazer para Holambra uma instituição educacional voltada ao agronegócio, mas que pretende se expandir e crescer muito mais.

Na ocasião, diversas autoridades estiveram presentes como membros do Governo Municipal e do Governo do Estado, bem como líderes do Centro Universitário de Jaguariúna – UNIFAJ. Dentre os presentes destaca-se a presença do prefeito de Holambra, Fernando Fiori de Godoy, o secretário de agricultura e abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, líderes do Centro Universitário da Unifaj, Ricardo Tannus, José Coimbra e Flávio Pacetta, fundador da Anhanguera Educacional professor, Antonio Carbonari Netto, engenheiro agrônomo especializado em desenvolvimento econômico Ubaldino Dantas, Deputado Estadual Adilson Rossi e o Ex-ministro da Agricultura Alysson Paulinelli.

O prefeito de Holambra, Doutor Fernando Fiori de Godoy falou da importância da educação e ressaltou o sonho de lançar a primeira Faculdade das Flores em Holambra. “Eu acredito que a gente só melhora a vida das pessoas através do estudo, então para nós é um orgulho trazer essa faculdade das flores”, afirmou.

“Holambra é feita por pequenas propriedades, então com o conhecimento da tecnologia, com o conhecimento que uma faculdade agrega, nós vamos melhorar a vida das pessoas que aqui vivem, dos filhos dos produtores, dos filhos das pessoas que trabalham na produção e que não são donos da terra. E nós vamos conseguir difundir isso a nível de região, estado e país”, finalizou o prefeito.

Um dos principais responsáveis e idealizadores da FAAGROH, o reitor da UNIFAJ Ricardo Tannus, conta que a criação da faculdade partiu da vontade do atual prefeito Doutor Fernando quando ainda era diretor do CONSAÚDE, de fomentar a educação em todos os níveis. Então após assumir o mandato as lideranças da UNIFAJ foram notificadas e se iniciou os processos de regularização da faculdade.

“Ela vai ser referência no agronegócio, como Holambra tem sido referência em uma gestão limpa, pública, decente, ética, então para nós é um orgulho muito grande”, afirmou com grande otimismo.

FAAGROH

Já avaliada e aprovada pelo MEC – Ministério da Educação, a faculdade oferecerá 80 vagas para aulas no período noturno, com duração de cinco semestres. As aulas acontecem a partir de julho na Escola Municipal Parque dos Ipês, em Holambra. O mini sítio localizado próximo à escola servirá de estrutura para as atividades práticas.

Nessa primeira fase, a faculdade inicialmente conta com o curso: Área de Agronegócios, que tem como ênfase o ensino de horticultura. Seu diferencial é oferecer para o aluno um projeto educacional que visa forma-los profissionais conhecedores do mundo produtivo do agronegócio e que entendam de gestão, visão estratégica e prática. Com duração de 2 anos e meio, a nova graduação se destaca por possuir um corpo docente experiente nas áreas de agricultura e negócio, estrutura para pesquisas científicas e convênios internacionais para estágios e intercâmbios.

A faculdade ainda contará com estrutura moderna e única, com salas de aulas ao ar livre e conectado com a cultura local, que possibilitará aos alunos conciliar tanto o ensino acadêmico como a prática.

Localizada em Holambra, município conhecido nacionalmente como a “Cidade das Flores” e com grande reconhecimento na produção agrícola, a FAAGROH terá grande exposição não só no campo acadêmico, como uma instituição de ensino nunca antes vista no Brasil de linha pedagógica voltada ao agronegócio, mas também a sua proximidade com as empresas ligadas ao agronegócio residentes em Holambra e região, podendo vir a ser futuras parceiras da faculdade.

  

Comentários