Região Metropolitana de Campinas descarta lockdown e adota toque de recolher

O Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas) decidiu nesta sexta-feira (19), por unanimidade, a adoção do toque de recolher no período das 20h às 5h, em todas as cidades da região. A reunião foi comandada pelo presidente interino do Conselho, Gustavo Reis, prefeito de Jaguariúna, e também contou com a participação, por meio de videoconferência, do secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, e do prefeito de Campinas, Dário Saadi, anfitrião do encontro.

“Com o toque de recolher das oito horas da noite até às cinco horas da manhã, vamos combater as pessoas que não têm consciência e fazem aglomerações nas cidades. Assim, vamos ser mais efetivos na maneira de conscientizar e coibir esse tipo de prática”, disse Gustavo Reis.

Segundo a decisão dos prefeitos reunidos no colegiado, no Salão Azul do Paço Municipal, em Campinas, as regras do toque de recolher regional serão as mesmas já adotadas pela Prefeitura de Campinas e passam a valer já nesta sexta-feira. Os prefeitos rejeitaram a proposta de criação de um “lockdown regional” e da antecipação de feriados.

O secretário Vinholi anunciou a antecipação da abertura de leitos de UTI Covid do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Campinas do dia 29 de março para o dia 26 de março. Essa era uma das medidas que vinham sendo pleiteadas pelos prefeitos para tentar desafogar os hospitais superlotados de pacientes com Covid-19.

“Sei da urgência de todos e tenho total consciência do momento que estamos passando. Essa é a perspectiva mais otimista, que dia 26 o AME Campinas possa atender pacientes Covid”, comentou Vinholi. “Me coloco à disposição dos prefeitos, individualmente, para discutir cada situação”, completou o secretário estadual.

Dezenove prefeitos participaram da reunião – 15 de forma presencial e quatro de forma remota. Apenas o prefeito de Paulínia, Du Cazelatto, não participou do encontro. Uma nova reunião do Conselho de Desenvolvimento foi marcada para a próxima quarta-feira, dia 24, às 9h, de forma virtual.

  

Comentários