Tempos de autocuidado e cuidado com o próximo

Por Mônica Alvarez*

O isolamento social por si só, já afeta muito as pessoas, pois quebra um ritmo de vida, os hábitos, sem falar dos ganhos financeiros… É uma ruptura brusca com um padrão de vida. Certamente isso está causando muito sofrimento, conflitos pessoais e familiares, e é sobre isso que eu gostaria de falar.

A história nos mostra, assim como os antigos livros de sabedoria, que o caos vem para trazer uma nova ordem. Na verdade, o mundo já vivia um caos, digamos que latente. Em alguns lugares, nem tão latente assim, pois muitas situações de conflitos gravíssimos, guerrilhas, pobreza extrema, desrespeito total ao ser humano, às crianças, aos idosos, aos animais, à natureza, às florestas, ao meio ambiente. Tudo tão caótico e ao mesmo tempo tão “comum” que passava despercebido aos nossos olhos. Precisou chegar até nós um vírus, um pequeníssimo ser formado apenas por uma capa de proteína revestindo um material genético, um DNA. Um ser microscópico vindo do reino animal para trazer uma mensagem ao reino humano… e tudo parou, a ordem mudou, as prioridades mudaram, o caos se instalou.

Nada é por acaso e para tudo há um propósito. Desde a antiguidade, o pensador e filósofo Hermes Trismegistro já ensinava que “Toda causa tem seu efeito, todo efeito tem sua causa, tudo acontece de acordo com a Lei Universal, o acaso nada mais é que um nome dado a uma Lei não reconhecida”. Visto assim, qual será o propósito de tudo isso? Qual a causa do surgimento desse vírus? O que esse minúsculo vírus tem a nos ensinar?

O fato é que foi imperativo dar um tempo a tudo, uma pausa. Mas se há algum propósito nesta pausa, seria muito bom aproveitá-la da melhor maneira possível. Lembrar que depois do caos, vem a nova ordem, depois da tempestade, vem a bonança.

Estamos dentro da nossa casa. O nosso corpo é a casa do nosso Ser essencial. Que tal então colocar a sua atenção a esse Ser que habita seu corpo, para aproveitar o momento e se conhecer melhor? Se olhar com mais atenção, com mais carinho, com mais tempo e descobrir, quem sabe, aquilo que há muito já estava te incomodando?

Com tempo, com calma, com carinho, podemos entender melhor as nossas emoções, os nossos antigos comportamentos arraigados, repetitivos, disfuncionais… Podemos refletir o que estava valendo a pena e o que não estava… podemos conversar mais com nossos familiares, filhos, pais…

É preciso paciência, talvez estejam todos nervosos, preocupados, irritados. Mais do que nunca precisamos amar uns aos outros. Começando por nós mesmos, nos amar. Quem ama, cuida, já ouviu? Pois bem, agora é hora de praticar isso.

Cuidar de si mesmo, não é só cuidar da pele, do cabelo, da alimentação. Também é cuidar daquilo que pensa, daquilo que sente. Muitas emoções devem estar aflorando em sua vida nestes dias. Muitos pensamentos incertos, emoções de todo tipo. Acolha, compreenda, evite revidar, discutir, julgar os outros. Evite ficar acompanhando as piores notícias que são divulgadas, cuide daquilo que você ouve e vê, pois essas informações vão ficar rodando na sua cabeça e, dependendo do que for, provocar sentimentos ruins em você.

Melhor se acolher, compreender, aceitar e depois pensar de que outra forma é possível você agir, de que outra maneira é possível viver sua vida. Por enquanto, só temos o agora. Ninguém sabe do futuro. E esta é uma grande realidade. Qualquer outra segurança neste mundo, é passageira mesmo, impermanente, sempre foi assim. Respire fundo, fique mais presente ao momento. A vida continua. Curta sua casa, sua família, seus afazeres possíveis, suas plantas. Ouça música, relaxe, cante, sorria. Só temos o presente, viva o presente.

É só no presente que acontece a transformação. Talvez esse seja o propósito de que falamos acima, não é? Do jeito que estava, não dá mais, é hora de transformar. O mundo está se transformando e você também está tendo a chance de se transformar, começar tudo de novo, de outra forma, de um novo jeito, um jeito que seja mais cuidadoso com você, com todas as formas de vida à sua volta. A transformação do mundo é feita pela transformação de cada um que habita esse mundo. Aproveite o momento. Renove-se!

*Mônica Alvarez é master coach, palestrante e terapeuta transpessoal. É gestora do Clasi – Instituto de Transpessoal, onde coordena a pós-graduação em Psicologia Transpessoal e ministra vários módulos.

  

Comentários