17 de agosto: Dia Nacional do Pão de Queijo Há mais de sete décadas fazendo sucesso em todo o país

Estado paulista é o maior consumidor de pão de queijo superando os mineiros. A D’Minnas Pão de Queijaria, de Campinas, presenteia com uma porção de mini pão de queijo quem for até o local no dia 17 de agosto.

O pão de queijo é um convite para saborear no café da manhã, preparar lanche escolar, reunir os amigos para uma conversa e até inventar os mais variados recheios doces e salgados para valorizar ainda mais essa receita que é uma paixão brasileira. Ninguém resiste a essa delícia que de tão apreciado ganhou até uma data especial: 17 de agosto, dia Nacional do Pão de Queijo!

Sua origem ainda é incerta. Há relatos de que a receita foi criada em Minas Gerais, no século 18, quando as cozinheiras das fazendas utilizavam em suas receitas de pães a farinha de mandioca (mais tarde conhecida como polvilho) e eram adicionados os queijos que sobravam e endureciam. A popularização dessa delícia só ocorreu após o ano de 1950, coincidentemente junto com o desenvolvimento de quitandas como broas, bolos e biscoitos. A partir dessa década, a iguaria passou a ser consumida no país inteiro. Já são mais de setenta anos na mesa das famílias.

Apesar do pão de queijo ser um produto típico mineiro uma pesquisa realizada pela EDC de São Paulo apontou que os maiores consumidores de pão de queijo são do estado de São Paulo, seguido pelo Rio de Janeiro.

“Difícil quem resista a uma fornada de pão de queijo quentinho, acompanhado de um café. É uma receita afetuosa, reconfortante. E você pode consumir em qualquer lugar, inclusive em casa comprando as opções congeladas”, destaca a empresária Priscila Silva, uma mineira radicada em Campinas, responsável pela D’Minnas, a primeira Pão de Queijaria da cidade.

Priscila mudou de Alfenas para Campinas há 18 anos e ela e o marido Maurício Silva – um campineiro de família mineira – sempre foram apaixonados por pão de queijo. Há exatos três anos, no dia 17 de agosto, abriram as portas da D’Minnas Pão de Queijaria e, desde então, partilham o sabor da receita que está há três gerações na família de Priscila.

“Quando abrimos a D´Minnas queríamos justamente trazer o sabor do pão de queijo que estávamos acostumados a comer quando voltávamos para Minas. Vejo que nosso pão de queijo traz muito da nossa memória afetiva. Campinas é uma cidade repleta de mineiros, mas percebemos que temos conseguido conquistar todos os públicos. Nosso espaço foi pensado para trazer não só o sabor mineiro como a hospitalidade que habita o coração mineiro”, conta.

Presente aos clientes: uma porção de mini pão de queijo

Para comemorar os três anos da D’Minnas o casal decidiu presentear com uma porção de mini pão de queijo quem for até o local no dia 17 de agosto. “É nossa maneira de agradecer a receptividade e o carinho da cidade conosco. Também é uma oportunidade para as pessoas provarem nossa receita que é artesanal e vem recheada de histórias e bons causos mineiros”, conta Priscila.

Entre sabores mineiros

Na D´Minnas Pão de Queijaria é possível provar ou levar para casa o pão de queijo tradicional, mas existem outras opções diferenciadas. Um dos mais pedidos foi batizado de Costelão: um pão de queijo recheado com costela de boi desfiada, queijo derretido e rúcula. Tem também a opção de pão de queijo recheado com linguiça de pernil artesanal, geleia de pimenta defumada, queijo e rúcula. “Essas versões são muito comuns de serem encontradas nas cidades mineiras e queríamos que as pessoas tivessem a oportunidade de comer aqui”, destaca Priscila.

E para quem gosta de pão de queijo com doce tem as opções de doce de leite e queijo canastra e o recheado com goiabada cascão e queijo canastra. Além disso, o espaço traz opções de waffle de pão de queijo, sorvete de queijo, brigadeiro de queijo e um café vindo de Alfenas, coado na mesa.

  

Comentários