fbpx

“Alfabetização sem Tropeços” auxilia crianças com dificuldades na aprendizagem

A Prefeitura de Mogi Mirim inicia no próximo mês o “Alfabetização sem Tropeços”, novo projeto de alfabetização para crianças da Secretaria de Educação, que tem como objetivo evitar que haja uma defasagem de idade-série na rede municipal de ensino.

O projeto vem de encontro a necessidade de alguns alunos que estão chegando no 5° ou no 6° ano com dificuldade de ler e escrever. Tratam-se de aulas suplementares, no período contrário ao escolar, que serão realizados no Centro Educacional Municipal de Apoio e Atendimento Especializado (CEMAAE).

Os alunos, que terão transporte da escola em que estudam até o CEMAAE, também passarão a ter merenda, além das aulas específicas para correção dos problemas de aprendizagem. Serão seis turmas iniciais, com 12 alunos cada. As aulas acontecerão durante dois meses, diariamente. Após esse período, os alunos serão avaliados.

Desta forma, a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, passa a aumentar um novo quadro dentro da Educação para que haja a correção dessa defasagem. Para a implantação do “Alfabetização sem Tropeços”, levantamentos foram feitos durante todo o no passado junto ao Ministério da Educação, para que o projeto fosse implantado em 2016.

As aulas acontecerão no CEMAAE já que no local, que promove a Educação Especializada, há uma equipe multiprofissional com fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais e demais técnicos especialistas da área da Saúde que darão todo o suporte ao planejamento específico, sem a necessidade de encaminhamento.

  

Comentários