Aluna do “Projeto Campeões” é convocada para a Seleção Brasileira de Basquete

“Projeto Campeões”, da Secretaria de Esporte e Lazer é dividido em três segmentos e conta com mais de 30 modalidades

Criado em 2017, o “Projeto Campeões” da Prefeitura de Jaguariúna tem gerado resultados. Prova disso, é a aluna Taissa Queiroz, de 13 anos, que foi anunciada na quarta-feira, 03, como uma das convocadas para a Seleção Brasileira de Basquete Sub 14 Feminina.

O anúncio foi feito pelo técnico da seleção nacional Dyego Cavalcanti, por meio do site da Confederação Brasileira de Basquete (CBB). Agora, Taissa e outras 13 jogadoras passam por um período de treinamentos e embarcar para o Equador, onde disputam o Campeonato Sul-Americano da categoria.

Empolgada com a notícia, Taissa disse não ver a hora de encontrar as companheiras e aproveitou para agradecer a oportunidade que recebeu na cidade. “Estou muito ansiosa, vai ser minha primeira experiência com a seleção brasileira. Não esperava que fosse acontecer tão cedo. Acho que é fruto da minha dedicação e da minha vontade de aprender e evoluir. Nesse momento, não posso deixar de agradecer todos os professores e amigos do “Projeto Campeões”, que me deram a primeira oportunidade e me acolheram”, disse.

Desde os primeiros passos no projeto, até a convocação para a seleção brasileira, a carreira de Taissa passou por várias fases. Quem conta isso são os pais da menina, Glauce e Edy.

“Nossa filha Taissa iniciou seu amor pelo basquete aos oito anos de idade, quando foi recebida pelo professor Ciro no seu time masculino. Foram quatro anos fundamentais para seu desenvolvimento como atleta. Em 2018, mudamos para o Paraná e em um ano obteve alguns títulos importantes no Estado, tanto em grupo como individual”, destacam.

Eles ainda parabenizaram todos que se empenham para proporcionar o bem-estar esportivo na cidade de Jaguariúna. “Esporte transforma vidas, seja na parte pessoal, profissional e até mesmo na saúde”.

Emocionado com a novidade, o diretor de esportes da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (SeJEL) e primeiro professor de Taissa, Ciro Roberto Pires, afirma que sempre acreditou no potencial da garota. “Mesmo jogando entre os meninos, Taissa já se destacava. Sempre incentivei os pais e acabamos criando uma relação muito especial. Ela é uma menina 10 em todos os aspectos. Que sirva de inspiração para todos os nossos alunos”, disse Ciro.

De acordo com a SeJEL, o “Projeto Campeões” é dividido em três segmentos e conta com mais de 30 modalidades. O “Construindo Campeões – Primeiros Passos” é fruto de uma parceria com o SESI e atende os mais jovens. O “Cultivando Campeões – ProAtiv+”, é para os alunos acima dos 18 anos. Já o “Acolhendo Campeões – Viva Melhor” é voltado para os idosos, a partir dos 50 anos.

 


Comentários