fbpx

Amparo tem continuidade nas ações de combate ao Aedes Aegipty

A Prefeitura de Amparo está dando continuidade para ações de combate ao mosquito Aedes Aegipty, transmissor das doenças, Dengue, Zika e Chicungunha. Na tarde de terça-feira, dia 29 de agosto, a equipe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, secretários municipais e SAAE acompanharam a apresentação dos números em 2017 e das futuras ações, na reunião mensal da equipe.

Em Amparo, no ano de 2017 três casos de doenças transmitidas pelo mosquito foram confirmados. Dois são de Chicungunha e um de Dengue, segundo relatório do dia 25 de agosto, já publicado no site.  O trabalho deve ser intensificado, pois, em 2018, a tendência é de que a doença volte a ter altos números.

“O combate ao mosquito não pode parar. A população precisa participar também e colaborar com a visita dos agentes. De acordo com o relatório da equipe de combate ao mosquito, no Jardim Itália estão sendo encontradas muitas larvas e precisamos da colaboração dos moradores desse bairro”, disse Marina Leitão, da secretaria municipal de Saúde.

No mês de agosto, em Amparo, a visita casa a casa esteve em mais de 6 mil residências, sendo 2442 no trabalho das Unidades de Saúde e 3590, da empresa especializada. Trezentas e noventa e cinco casas necessitavam ser nebulizadas, mas apenas 9 aceitaram a realização do serviço.

Participaram da reunião, os secretário de Administração, Vicente Mário Martini Auler, Educação, Magda Belix, Desenvolvimento Social e Cidadania, Edilson José Camilo – Dil e Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Marcelo Craveiro.

Matéria: Moisés de Camargo

  

Comentários