fbpx

Chega às livrarias e telas a tocante história real de um sobrevivente da Segunda Guerra Mundial

Já imaginou ser sequestrado durante uma guerra e ter sua liberdade roubada durante anos? O relato dos piores anos da vida de um ingênuo maquinário capturado durante a Segunda Guerra Mundial em uma história que se tornou best-seller em mais de 20 países. Uma longa viagem é um livro que emociona do começo ao fim.

Um jovem inglês aficionado por ferrovias e por rádios se voluntaria para lutar na Segunda Guerra Mundial. O que ele não esperava era que sua unidade, baseada em Cingapura, fosse atacada pelos japoneses que acabaram fazendo todos de prisioneiros. Até que 40 anos depois, Eric Lomax, com seu reprimido desejo de vingança descobre que um dos homens que o torturaram ainda está vivo. Considerado já um clássico entre as autobiografias sobre o período da Segunda Guerra Mundial, Uma longa viagem, nova publicação da Editora Planeta, é um intenso e comovente testemunho sobre sobrevivência e a capacidade humana de compreender até mesmo aqueles que nos fizeram tanto mal.

Ao se voluntariar para a Segunda Guerra Mundial, Eric Lomax ¬– conhecedor de ferrovias e aficionado por máquinas, rádios e seu funcionamento –, aos 19 anos de idade, tinha a ideia de ajudar a Inglaterra no que sabia de melhor: cuidar da telefonia, facilitando a comunicação entre as tropas aliadas. Mas jamais imaginou que se veria em meio ao verdadeiro horror daquela guerra. Entre outros horrores vividos por ele, foi obrigado a trabalhar na famosa “ferrovia da morte”: a linha que ligava a Tailândia à Birmânia (atual Mianmar) e que foi construída à base de trabalho forçado de milhares de prisioneiros de guerra.

Lomax sobreviveu, mas as sequelas dessa terrível experiência não foram apenas físicas e perduraram por quase toda a sua vida. Quase 50 anos depois da guerra, ainda emocionalmente instável, ele descobre que um de seus algozes japoneses ainda está vivo. Teria ele a força de perdoar alguém que lhe causara tanto mal? Com a ajuda de sua esposa, Patti, Lomax tenta se reconciliar com seu passado tão doloroso, e tem que ser novamente corajoso para enfrentar esse trauma.

Publicado originalmente em 1995, Uma longa viagem volta agora a ser um best-seller por causa do lançamento do filme estrelado por Colin Firth e Nicole Kidman. Um relato verdadeiro e inesquecível escrito pelo seu protagonista, Eric Lomax, nascido nos subúrbios de Edimburgo, na Escócia, e que faleceu recentemente, em 2012, aos 93 anos. Não chegou a ver a sua obra nas telas dos cinemas, mas colheu os frutos por ter relatado um importante testemunho dos horrores de uma guerra.

SERVIÇO
Uma longa viagem
Eric Lomax
Editora Planeta
ISBN: 978-85-422-0176-5
Não-Ficção / brochura / 16×23 / 272 páginas
R$ 36,90

  

Comentários