Cidades da RMC discutem adoção de medidas mais restritivas para frear avanço do Coronavírus

Os prefeitos das cidades da Região Metropolitana de Campinas estiveram reunidos online na manhã desta terça-feira, 16 de março, com a coordenação da AGEMCAMP (Agência Metropolitana de Campinas), com o objetivo de discutir a adoção de medidas ainda mais restritivas, como um lockdown, para conter o avanço de mortes, internações e casos de Coronavírus.

Segundo informou o prefeito de Pedreira, Hamilton Bernardes Junior, a maioria dos prefeitos aceitaram discutir a possibilidade, mas optaram por avaliar por mais dois dias os efeitos da atual Fase Emergencial do Plano São Paulo, os dados epidemiológicos e os índices de isolamento. “Infelizmente estamos vivendo a pior fase desta pandemia, registrando cerca de 14, 16 e até 18 casos por dia. Nosso Hospital Humberto Piva está no limite de sua capacidade de atendimento e não paramos de investir na criação de mais leitos clínicos e de UTI. Peço encarecidamente a população para que evite aglomerações, use máscara, álcool em gel e só saia de casa quando realmente for necessário”, enfatizou o prefeito Hamilton.

A Fase Emergencial do Plano São Paulo teve início na segunda-feira, 15 de março, com restrições mais severas que a da Fase Vermelha.

  

Comentários