fbpx

Com aumentos na conta de luz e financiamento facilitado, procura pela energia solar cresce forte no País

Vem aí mais um aumento na conta de luz do brasileiro. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) decidiu reativar as bandeiras tarifárias nas contas de luz e estabeleceu patamar vermelho 2 desde o mês de dezembro de 2020. Esse é o nível com condições ainda mais custosas para geração de energia. A tarifa sofre acréscimo de R$ 6,243 a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos.

Para piorar, economistas vêm alertando que novos aumentos na conta de luz devem surgir no ano que vem, pressionando ainda mais o já apertado orçamento das famílias. Diante dessa realidade, cada vez mais pessoas têm adotado o sistema de energia solar em suas casas, estabelecimentos comerciais e indústrias. Em 2019, este setor teve um crescimento de 161% no país em relação ao ano anterior, de acordo com a Aneel. O principal motivo para essa maior procura foi o desejo dos brasileiros de baixar a conta de luz e, ao mesmo tempo, contribuir com o meio ambiente, uma vez que é uma fonte renovável, limpa e reduz a emissão de gases que geram o efeito estufa, como o dióxido de carbono (CO2).

O sistema solar fotovoltaico pode ser instalado nos telhados, fachadas, no solo e na água em casas, comércios e indústrias e torna possível reduzir em até 90% as contas de energia elétrica. O tempo de retorno do investimento na forma de economia na conta de luz gira em torno de cinco anos e o período de vida útil do sistema alcança uma média de 25 anos. Ou seja, por cerca de 20 anos, o custo com eletricidade será quase nulo. Em tempos de pandemia de covid-19, o uso de energia solar torna-se cada vez mais atrativo pela economia gerada, possibilitando ao usuário destinar os recursos para outras necessidades essenciais, como alimentação, saúde e educação.
Além disso, a aquisição do equipamento está cada vez mais acessível para toda a população. Thiago Malícia, sócio-proprietário da empresa Ensolar Energia Sustentável, líder no segmento na região do Circuito das Águas, destaca que para facilitar a aquisição do sistema de energia solar dezenas de linhas de financiamento estão sendo disponibilizadas, com taxas de juros bastante atrativas e condições que viabilizam a instalação. Sua empresa, por exemplo, dispõe de uma ferramenta exclusiva do banco Santander (Plataforma Financeira) que permite ao cliente fazer o financiamento diretamente pela loja, com muito mais velocidade, economia e vantagens nas operações e vendas.

“Tudo isso torna a aquisição do sistema de energia fotovoltaica muito mais acessível mesmo para quem não dispõe de recursos próprios no momento, já que a economia na conta de luz trazida pela energia solar já paga a parcela do financiamento e ainda pode aumentar o poder aquisitivo das famílias nas suas demais necessidades diárias”, explica.

Quem quiser saber mais sobre o sistema de energia solar ou solicitar um orçamento, pode acessar o site www.ensolar.com.br ou ligar (19) 99868-7368.

  

Comentários